Governo formaliza exoneração de Santos Cruz e publica nomeação de general Ramos

Alvo de ataques do escritor Olavo de Carvalho e do vereador Carlos Bolsonaro, Santos Cruz foi demitido pelo presidente Jair Bolsonaro durante almoço no Palácio do Planalto

Por ESTADÃO CONTEÚDO

Carlos Alberto Santos Cruz foi demitido de Ministério após se desentender com Olavo de Carvalho
Carlos Alberto Santos Cruz foi demitido de Ministério após se desentender com Olavo de Carvalho -
Brasília - O Diário Oficial da União (DOU) desta sexta-feira, 14, formaliza a exoneração do general Carlos Alberto dos Santos Cruz do cargo de ministro-chefe da Secretaria de Governo da Presidência e publica a nomeação de seu substituto, o também general Luiz Eduardo Ramos Baptista Pereira.

Alvo de ataques do escritor Olavo de Carvalho e do vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ), Santos Cruz foi demitido na quinta-feira, 13, pelo presidente Jair Bolsonaro durante almoço no Palácio do Planalto.

O diálogo ocorreu pouco antes de Bolsonaro viajar para Belém (PA), com a presença também dos ministros do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), Augusto Heleno Ribeiro, e da Defesa, Fernando Azevedo e Silva.

Santos Cruz vinha acumulando desgaste desde que reagiu às críticas de Olavo, mas não foi endossado por Bolsonaro.

Ele integrava o núcleo duro do Planalto e é o primeiro ministro militar a deixar o governo.
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários