Moro diz que ter aceitado Ministério de Bolsonaro é 'um caminho sem volta'

Ao ser condecorado por Doria, ministro da Justiça e Segurança Pública afirmou que 'aceitou missão dada pelo presidente Bolsonaro' e 'não vai desistir'

Por ESTADÃO CONTEÚDO

Sérgio Moro
Sérgio Moro -
São Paulo - Sergio Moro recebeu a medalha Ordem do Ipiranga do governador de São Paulo, João Doria (PSDB), nesta sexta-feira. Em seu discurso, o ex-juiz afirmou que, ter aceitado convite de Bolsonaro para fazer parte do Ministério "é um caminho sem volta". 
"O que eu mais tenho ouvido das pessoas é que elas cumprimentam e o que eu mais ouvi é: não desista. Eu posso assegurar, não vamos desistir. Aceitei a missão que foi dada pelo presidente Bolsonaro, saí da magistratura, não foi uma decisão fácil. Foram 20 anos de magistratura deixados para trás com todos os benefícios da carreira. E é um caminho sem volta", afirmou. 
Moro agradeceu também o apoio que diz estar recebendo do presidente Jair Bolsonaro. "Desde o início deste falso escândalo, a meu ver, presidente tem prestado apoio", disse.


Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários