Motorista de aplicativo se recusa a transportar passageira: 'Vai andando, querida, para emagrecer'

Jornalista e influencer Flávia Duarte comentou o caso em suas redes sociais

Por Istoé

Jornalista e influencer Flávia Durante comentou o caso em suas redes sociais
Jornalista e influencer Flávia Durante comentou o caso em suas redes sociais -

Rio - Uma mulher teve sua corrida cancelada pelo motorista de um aplicativo em Salvador, Bahia, após ele chegar ao local e ver que estava “acima do peso”. As informações são da Marie Claire. “Vai andando, querida, para emagrecer”, respondeu o motorista ao ser questionado pela passageira porque ele havia passado direto. A passageira, então, avisou que prestaria uma queixa.

A jornalista e influencer Flávia Duarte comentou o caso em suas redes sociais na noite desta quarta-feira. “Além de gordofobia omissão de socorro pois a cliente levaria filho ao médico. Gostaria de saber @voude99 que medidas tomarão contra discriminação por tamanho”, questionou a influencer.

Passageiros e motoristas que tenham sofrido qualquer forma de discriminação devem reportar imediatamente para a empresa, por meio de seu app ou pelo telefone 0800-888-8999.

Comentários