Presidente Jair Bolsonaro  - Estefan Radovicz / Agencia O Dia
Presidente Jair Bolsonaro Estefan Radovicz / Agencia O Dia
Por ESTADÃO CONTEÚDO
Brasília - O presidente Jair Bolsonaro lamentou, neste domingo, as mortes ocorridas em ataques a tiros nos últimos dias nos Estados Unidos, mas repetiu que o desarmamento não é a saída para evitar esse tipo de tragédia.
"Eu lamento, e já aconteceu no Brasil também", afirmou, ao deixar o Palácio do Alvorada. "Mas não é desarmando o povo que você vai evitar isso. No papel, o Brasil é extremamente desarmado e já aconteceu coisa semelhante aqui", acrescentou.
Publicidade
Ocorreram três ataques a tiros nos EUA nos últimos dias. No Texas, pelo menos 20 pessoas morreram, em Ohio houve ao menos nove vítimas e outras três teriam morrido em um incidente na Califórnia.