Morre a primeira DJ mulher do Brasil

Sonia Abreu tinha 68 anos e havia sido diagnosticada com esclerose lateral amiotrófica

Por Istoé

Sonia Abreu é considerada a primeira DJ mulher do Brasil
Sonia Abreu é considerada a primeira DJ mulher do Brasil -

Rio - Sonia Abreu morreu na noite dessa segunda-feira (26), aos 68 anos. Considerada a primeira DJ mulher do Brasil, ela havia sido diagnosticada com esclerose lateral amiotrófica (ELA). Após sofrer uma fadiga respiratória, Sonia não resistiu e morreu. Segundo a revista Quem, a DJ estava internada em um hospital de São Paulo desde a última sexta.

Mesmo com a saúde debilitada, Sonia Abreu mantinha-se ativa. Em julho deste ano ela fez sua última apresentação, quanto tocou na Galeria Olido, no centro de São Paulo.

No ano passado, a trajetória de Sonia foi contada na biografia Ondas Tropicais. Ela conta com passagens pela 89 FM, Brasil 2000, Rádio USP e Rádio Globo.

Comentários