Idosa é condenada a prisão por causa do barulho de galos

A idosa Dora Dias foi condenada a 25 anos de prisão depois de denúncias

Por iG

Idosa de 68 anos foi condenada a 25 dias de prisão
Idosa de 68 anos foi condenada a 25 dias de prisão -
São Paulo - Dora Dias , de 68 anos, foi condenada a 25 dias de prisão após ser denunciada por perturbação de tranquilidade depois que seus galos incomodaram vizinhos em Santa Rita do Passa Quarto (SP).

O casal , que mora nos fundos da casa, resolveu reclamar na Justiça porque quatros galos, que ficavam sobre uma árvore perto do quarto, cucuritavam (cantavam) várias vezes de madrugada.


Quando os vizinhos entraram na Justiça - em março de 2018 -, Dora tinha quatro aves. Agora, depois da morte de um, sobraram três. Para manter as aves longe dos vizinhos, Dora ergueu um metro do muro e acomoda os galos dentro de um quartinho dentro de casa.
O caso foi parar no Ministério Público quando Dora se recusou a receber o Centro de Zoonoses, que retiraria as aves do quintal.

Segundo o advogado Cesar Roberto Vaz Silveira, que garante que vai recorrer sobre a prisão da idosa, os galos não ficam mais no quintal durante a noite.

Comentários