Protestos contra STF e fake news nas redes

Por

Ato em São Conrado: críticas ao STF e até pedido por AI-5
Ato em São Conrado: críticas ao STF e até pedido por AI-5 -

Simpatizantes do presidente Jair Bolsonaro fizeram atos, ontem, em várias cidades do país, contra a decisão do Supremo Tribunal Federal que derrubou prisões após condenação em segunda instância, que acabou beneficiando a libertação do ex-presidente Lula.

No Rio, o Movimento Vem Pra Rua reuniu poucas pessoas na praia de São Conrado, na Zona Sul. Os manifestantes se reuniram em torno de um pequeno carro de som e ocuparam menos de um quarteirão da praia de São Conrado, bem em frente ao prédio onde mora o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia.

Também foram registrados manifestações na Bahia e em Pernambuco, no Nordeste; em Goiás e Mato Groso, no Centro-Oeste; Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, no Sul. No Sudeste, além do Rio, também houve protestos em Minas Gerais e São Paulo.

Nas redes sociais, fake news se espalharam anunciando que os militares estavam sendo convocados após decisão do STF, usando, inclusive, o nome do general do Exército Eduardo Villas Bôas, assessor do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência. Mas agências de verificação desmentiram a autenticidade das mensagens.

Comentários