Lula e Gleisi Hoffmann em reunião do PT na Bahia - AFP
Lula e Gleisi Hoffmann em reunião do PT na BahiaAFP
Por O Dia
Bahia - O ex-presidente Lula afirmou, em uma reunião nacional do PT na Bahia, que o PT não precisa fazer autocrítica. "Olha, quem quiser que o PT faça uma autocrítica, faça a crítica você. A oposição que me critique. É pra isso que ela existe", afirmou.
"Vocês já viram alguém pedir pro FHC fazer uma autocrítica? Pro PTB fazer uma autocritica? Pro Bolsonaro fazer uma autocrítica?", indagou o ex-presidente.
Publicidade
Acompanhado da presidente do partido, Gleisi Hoffmann (PT-PR), e do candidato derrotado à presidência em 2018, Fernando Haddad, Lula reforçou que o PT "não nasceu para ser partido de apoio" e falou sobre 2022: "Eles não vão tirar o PT da disputa eleitoral deste País, com Lula ou sem Lula. Eu posso subir a rampa do Palácio do Planalto novamente em 2022 levando Haddad, Rui e outros companheiros".
O ex-presidente falou ainda sobre polarização, reforçando o cenário que se desenha para as próximas eleições presidenciais: "Sabe quem polariza? Quem disputa o título. O PT polarizou em 1989, 94, 98, 2002, 2006, 2010, 2014 e 2018, e vai polarizar em 2022".