Existe alguma relação da data limite de Chico Xavier com a pandemia de coronavírus?

Desastres naturais cada vez mais frequentes, chegada ou cura de várias doenças e até a vinda de seres extraterrestres poderiam acontecer

Por O Dia

Chico Xavier
Chico Xavier -
Rio - A data limite que tanto é falada pelos espíritas aconteceu no sábado, dia 20 de julho de 2019. O médium mais famoso do Brasil teria feito uma previsão de que a data limite para a humanidade passar por transformações profundas foi dada em 1971, no programa Pinga-Fogo.
Ele teria afirmado que tudo tinha a ver com a chegada do homem à Lua, no dia 20 de julho de 1969. De acordo com o médium, naquele dia, entidades tinham se reunido no mundo espiritual e decidido dar o prazo de 50 anos para a humanidade. Se não acontecesse a Terceira Guerra Mundial, vencido o prazo de cinco décadas, a Terra e seus habitantes viveriam uma nova era.
"Se não entrarmos numa guerra de extermínio nos próximos 50 anos, então podemos esperar realizações extraordinárias da ciência humana, partindo da lua", disse Chico no programa Pinga-Fogo, que alcançou a maior audiência já registrada na história da TV brasileira.
E o que tem isso a ver com o coronavírus? Muitos espíritas ligam a 'profecia' de Chico a algumas mudanças na Terra: desastres naturais cada vez mais frequentes, cura ou chegada de várias doenças e até a vinda de seres extraterrestres com o objetivo de ajudar na evolução e purificação do planeta.
O fato é que seis meses após a data limite surgiu o novo coronavírus na China. E a doença covid-19 causou uma mobilização no mundo sem precedentes, maior que nas duas guerras mundiais. Nem nessa época metade da população da Terra ficou confinada em seus lares. O assunto voltou a ser tema nas redes sociais e as opiniões são variadas. E você, o que acha? Deixe seu comentário.
A data limite
A declaração do médium circula há muitos anos na Internet. Em entrevista ao programa Pânico da rádio Jovem Pan, ainda em julho de 2019, os escritores Juliano Pozati e Alexandre Caldini Neto fizeram questão de desmistificar o assunto.

"A data limite não tem a ver com o fim do mundo, e sim o começo de uma nova era. Todo projeto tem fases, todas as fases têm metas, todas as metas têm data limite. Estamos movendo de uma fase da humanidade para outra”, disse Pozati, autor do livro e documentário sobre a 'Data Limite' de Chico Xavier.
De acordo com ele, a renovação do ciclo já está acontecendo. "O legal é observar no mundo o que está acontecendo que nos mostra que a gente de fato está num novo ciclo", afirmou Pozati.
Para Alexandre Caldini, há muita desinformação quando o assunto é essa polêmica profecia: "No Pinga-Fogo em si, ele jamais fala em data limite. Esse termo não existe. Segundo a visão espírita, não tem uma data. Uma data não faz sentido".