Rio  - 27/03/2020 - Comerciante com loja fechada pela pandemia, faz máscaras de tecido para vender em casa, no bairro do Méier, zona norte do Rio 
 - Fabio Costa/Agência O Dia
Rio - 27/03/2020 - Comerciante com loja fechada pela pandemia, faz máscaras de tecido para vender em casa, no bairro do Méier, zona norte do Rio Fabio Costa/Agência O Dia
Por O Dia
Rio - Com a falta de máscaras nos hospitais no Brasil, o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta mudou as orientações em relação ao uso e recomendou que todos utilizem a proteção quando forem sair de casa. Anteriormente, a recomendação era que fosse utilizada apenas as cirúrgicas, mas por conta da crise, outros tipos passaram a ser aceitas, como as de tecido.
O ministro defendeu o uso de qualquer barreira de pano, como lenço, para evitar o contágio em locais como o transporte público e o trabalho e  confecção de máscaras caseiras tem se tornando um fenômeno mundial e qualquer cidadão pode fazer a sua em casa. Sobre o uso, médicos alertam que é preciso utilizar a máscara de pano de forma correta para evitar contaminação, principalmente porque ainda não há estudos sólidos sobre a eficácia.
Publicidade
Chrystina Barros, pesquisadora em saúde do CESS/UFRJ, reforça que o momento é de isolamento social. Ela também diz que as máscaras de pano devem ser usadas somente por quem exerce algum tipo de atividade essencial ou precisa sair na rua por urgência. A pesquisadora alerta como elas devem ser, de fato, usadas.

"Não basta colocar a máscara e ficar o dia inteiro com ela. A partir do momento que ela fica úmida, perde a função de proteção. Outro ponto importante: depois de colocadas e ajustadas no rosto, protegendo obrigatoriamente nariz e boca, não é pra colocar as mãos na parte da frente. Essa parte pode estar potencialmente contaminada", explica Chrystina.

A pesquisadora ainda ensina o procedimento correto para reutilizar as máscaras de pano. "Quando for trocar, guarde-a num saco fechado e, chegando em casa, lave-a muito bem com água e sabão". Ela acrescenta que "elas devem ser de uso individual e é importante buscar utilizar sempre o mesmo lado da máscara", avisa.
O Ministério da Saúde do Brasil também informou que vai lançar uma campanha digital pela mobilização da população para fabricar as próprias máscaras de pano.

A máscara de pano é uma proteção simples, que não exige grande complexidade na sua produção e pode ajudar no combate à propagação do coronavírus, mas para ser eficiente como barreira física algumas especificações precisam ser seguidas. 
Publicidade
Segundo as recomendações do Ministério da Saúde é preciso que a máscara tenha pelo menos duas camadas de pano, ou seja dupla face. E precisa ser individual, não pode ser dividida com ninguém. As máscaras caseiras podem ser feitas em tecido de algodão, tricoline, TNT ou outros tecidos, desde que desenhadas e higienizadas corretamente. O importante é que a máscara seja feita nas medidas corretas cobrindo totalmente a boca e nariz e que estejam bem ajustadas ao rosto, sem deixar espaços nas laterais.
A médica Ana Escobar mostrou na sua rede social como fazer a máscara de pano caseiro. Ela também informou que evidências têm provado que o uso de máscaras por pessoas que não estão doentes, ou seja, estão assintomáticas – sem sintomas- pode ajudar a proteção de todos. "Se todos a usarmos, estaremos todos juntos protegendo um número maior de pessoas. Não há máscaras cirúrgicas disponíveis para todos. Por isso, as máscaras caseiras, embora não sejam obviamente ideais, podem ajudar, desde que tapem o nariz e a boca, não sejam tocadas pelas mãos durante o uso e sejam descartadas no lixo após 2 horas ou se ficarem úmidas", reforçou Ana.
Como fazer máscara de pano caseira para a proteção contra o coronavírus - Divulgação / Ministério da Saúde
Publicidade

Confira as informações do Ministério da Saúde: 
Publicidade
• A máscara deve ser usada por cerca de duas horas. Depois desse tempo, é preciso trocar. Então, o ideal é que cada pessoa tenha pelo menos duas máscaras de pano
• Também é importante ter elásticos ou tiras para amarrar acima das orelhas e abaixo da nuca. Desse jeito, o pano estará sempre protegendo a boca e o nariz e não restarão espaços no rosto;
Publicidade
• Use a máscara sempre que precisar sair de casa. Saia sempre com pelo menos uma reserva e leve uma sacola para guardar a máscara suja, quando precisar trocar;
• Chegando em casa, lave as máscaras usadas com água sanitária. Deixe de molho por cerca de dez minutos; 
Publicidade