Após se reunir com Bolsonaro, Paulo Skaf é internado com coronavírus no Sírio-Libanês

Presidente da Fiesp faz parte do grupo de risco da doença e está com quadro de pneumonia leve

Por ESTADÃO CONTEÚDO

Paulo Skaf e Jair Bolsonaro
Paulo Skaf e Jair Bolsonaro -
Brasília - O presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), Paulo Skaf, foi diagnosticado com covid-19 nesta terça-feira, e está internado no Hospital Sírio-Libanês, com quadro de pneumonia leve. Antes, ele havia se colocado em isolamento porque esteve, no dia 3, com o presidente Jair Bolsonaro, que anunciou quatro dias depois ter contraído a doença.

Como tem 64 anos, Skaf está no grupo de risco da doença. Ele apresenta sintomas que incluem indisposição e febre. Skaf já havia feito dois exames - tanto o teste molecular quanto o rápido - na sexta-feira, mas obteve resultados negativos. Diante do aparecimento de sintomas, foi orientado a refazer os exames.

No hospital paulistano, Skaf está sendo acompanhado pelos médicos José Medina, David Uip e Roberto Kalil Filho.

O empresário, que é filiado ao MDB, já disputou o governo de São Paulo em 2010, pelo PSB, e em 2014, por seu partido atual. Desde as últimas eleições gerais, em 2018, tornou-se um aliado de Bolsonaro no Estado e crítico da gestão do governador João Doria (PSDB).

Comentários