Ministro do STF diz que 'nós precisamos deixar de ser parasitas da Amazônia'

Na última sexta-feira, o Inpe informou que o desmatamento na Amazônia aumentou 34,5% nos últimos 12 meses

Por IG - Último Segundo

Edson Fachin disse que
Edson Fachin disse que "nós precisamos de deixar de ser os parasitas em relação à Amazônia" -
Brasília - Ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Edson Fachin disse que "nós precisamos de deixar de ser os parasitas em relação à Amazônia". A fala foi feita nesta segunda-feira-feira durante uma videoconferência da Câmara de Comércio França-Brasil.
"O Brasil tem condições de ser maior do que é, de ter um ambiente de negócios sadio e recheado de desenvolvimento, sem agredir as florestas, sem dizimar os povos nativos, sem depauperar as condições dos cursos d'águas", defendeu Fachin.
Nesta segunda-feira, completa um ano do "dia do fogo", incêndios criminosos que ocorreram no Pará em 2019. Na última sexta-feira, o Instituto de Pesquisas Espaciais (Inpe) informou que o desmatamento na Amazônia aumentou 34,5% nos últimos 12 meses.
O ministro do STF defendeu que a "Amazônia tem na Constituição a sua carta de proteção". "Aplicá-la seria preservar, permitir seu desenvolvimento e garantir um exemplo a outros povos. Não basta dizer que outros povos não fizeram seu dever de casa, podemos ser exemplo. Não atirar pedras, mas ser um exemplo", afirma Fachin.

Comentários