Ministra da Agricultura diz que se Pantanal tivesse mais gado desastre teria sido menor

Bioma vem sofrendo com as queimadas e a área atingida até o momento chega a quase 33 mil km², que equivale à soma do território do Distrito Federal e de Alagoas, segundo dados do Inpe

Por O Dia

Tereza Cristina, Ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento
Tereza Cristina, Ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento -
Brasília - A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, disse, nesta sexta-feira (9), durante uma audiência virtual do Senado, que "se tivesse mais gado no bioma, as queimadas e o desastre na região poderiam ter sido menores".

Galeria de Fotos

Propagação das chamas na Serra do Amolar voltou a mobilizar os esforços de bombeiros Silvio Andrade e Andrè Zumak (IHP)
Incêndios aumentam no Pantanal Mayke Toscano/Secom-MT
Mato Grosso MS - 27 09 2020-Um incêndio de grandes proporções foi combatido e controlado pelos bombeiros de Mato Grosso do Sul e do Paraná, Ibama e de organizações não-governamentais na RPPN (Reserva Particular do Patrimônio Natural) Eliezer Batista (Novos Dourados), , na região da Serra do Amolar, Pantanal de Corumbá.Cerca de 30 homens enfrentaram as chamas durante 20 horas, ininterruptamente. O fogo se alastrou rapidamente devido a vegetação seca e a força do vento Sul em direção à morraria, formando rastros de destruição por mais de três quilômetros. As chamas se deslocaram para o outro lado do morro próximo à sede da reserva, em direção a um vale que se interliga à Serra do Amol foto Silvio Andrade e Andrè Zumak (IHP) Silvio Andrade e Andrè Zumak (IHP)
Fumaça das queimadas no Pantanal deve chegar nos países da América do Sul Mayke Toscano/Secom-MT
A dead alligator lies beside the Transpantaneira park road in the Pantanal wetlands in Mato Grosso state, Brazil, on September 14, 2020. - The Pantanal, a region famous for its wildlife, is suffering its worst fires in more than 47 years, destroying vast areas of vegetation and causing death of animals caught in the fire or smoke. MAURO PIMENTEL / AFP MAURO PIMENTEL / AFP
Com 250 mil quilômetros quadrados de extensão, a área do Complexo do Pantanal é, em grande parte, alagada Mayke Toscano/Secom-MT
Incêndios florestais no Pantanal consumiram pelo menos 2,3 milhões de hectares do bioma da região Chico-Ribeiro/Governo Mato Grosso do Sul
Voluntária de ação social foi agredida e teve adesivo do Pantanal arrancado do carro AFP
Incêndio no Pantanal Mayke Toscano/Secom-MT
Mato Grosso estima que uma área de 204 mil hectares já tenha sido atingida pelo fogo nos municípios de Barão de Melgaço e Poconé ASCOM / CBMMS
Incêndios florestais atingem a região do Pantanal, em Mato Grosso do Sul Reprodução
Força Nacional de Segurança Pública irá atuar no combate a incêndios florestais e queimadas no Pantanal Fernando Frazão/ABr
Plano orientará ações de resgate e cuidados com animais em desastres Reprodução
Tereza Cristina, Ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento José Cruz/Agência Brasil
Porto Jofre (MT), onde fica o Parque Encontro das Águas, tem a maior concentração de onças-pintdas Divulgação
Incêndio que atinge o Pantanal Matogrossense pode ter sido causado por ação humana Reprodução de vídeo
Presidente da Comissão Externa do Pantanal no Senado cobrou investimentos em infraestrutura na região pantaneira Chico-Ribeiro/Governo Mato Grosso do Sul
Chamas podem chegar a 5 ou 6 metros de altura e tornam mais difícil o acesso dos bombeiros Redes Sociais / Divulgação
Queimadas nos últimos dias na Floresta Amazônica provocam devastação e preocupam o mundo AFP
Ainda de acordo com a ministra, "o gado é o bombeiro do Pantanal" porque o "fato de o boi comer capim seco e inflamável previne o alastramento do fogo". 
“O boi é o bombeiro do Pantanal, porque é ele que come aquela massa do capim, seja ele o capim nativo ou o capim plantado, que foi feita a troca, é ele que come essa massa para não deixar como este ano nós tivemos. Com a seca, a água do subsolo também baixou os níveis. Essa massa virou um material altamente combustível", disse Tereza Cristina. 
O Pantanal vem sofrendo com as queimadas e a área atingida até o momento neste ano chega a quase 33 mil km², que equivale à soma do território do Distrito Federal e de Alagoas, segundo dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe). No mesmo período do ano passado, a devastação causada pelo fogo chegava a 12.948 km². 
Entidades que atuam em defesa do Meio Ambiente se pronunciaram sobre a fala da ministra. Em nota, a organização não-governamental Greenpeace afirmou que o argumento da ministra foi "equivocado". "Diante de um cenário já previsto de seca severa, com focos de calor muito superiores à média desde março de 2019, não foram tomadas medidas efetivas de combate e prevenção aos incêndios, necessárias desde o primeiro semestre. Se não tivesse ocorrido um desmonte da gestão ambiental no Brasil, a situação não teria chegado a este nível de gravidade", diz a nota da ONG enviada à imprensa. 

Comentários