A formação de aglomerações no local tem sido frequentes desde a reabertura - Reprodução
A formação de aglomerações no local tem sido frequentes desde a reaberturaReprodução
Por O Dia
Na madrugada deste domingo, a Polícia Militar usou spray de pimenta para dispersar grupos de aglomeração. O caso aconteceu na Praia de Canoa Quebrada, no litoral leste do Ceará, um tradicional ponto turístico. A praia, que é uma das mais famosas do estado, tem sido palco para aglomerações desde o início de setembro, quando reabriu para visitação. A polícia afirmou que não houve feridos e que ninguém foi encaminhado para a delegacia. As informações são do Portal G1.
Pelo decreto municipal, as atividades comerciais são permitidas até 23h nas praias e locais turísticos e até 00h em restaurantes. Os bares, porém, continuam proibidos, assim como eventos festivos em locais fechados. 
Publicidade
“Diante do ato de desobediência, os PMs que atenderam à ocorrência utilizaram um instrumento de menor potencial ofensivo a fim de acabar com a aglomeração. Não houve feridos na ação e ninguém foi conduzido para a Delegacia do município”, afirmou a nota da Polícia. 
De acordo com o órgão, as equipes foram acionadas pela Guarda Municipal para dispersar aglomerações fora de horário, em local proibido. Os agentes que atenderam o chamado, afirmaram que pessoas voltaram a aglomerar em uma praça, após uma primeira ação de dispersão, e esse seria o motivo do uso do spray. 
Publicidade
Durante este final de semana, várias ações estão sendo realizadas pela Secretaria Municipal de Saúde na mobilização e conscientização dos turistas e munícipes em Canoa Quebrada, como informou a Prefeitura de Aracati.