Validade da chapa Bolsonaro-Mourão na mira de ação - AFP
Validade da chapa Bolsonaro-Mourão na mira de açãoAFP
Por O Dia
Publicado 05/11/2020 11:01 | Atualizado 06/11/2020 17:53
Rio - O ministro Luís Felipe Salomão, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), liberou, nesta quarta-feira, o julgamento de uma ação que pede a cassação da chapa Bolsonaro-Mourão por irregularidades nas eleições de 2018. As informações são da TV Globo. 
A ação foi movida em 2018 pela coligação Brasil Soberano, formada por PDT e Avante, que tinha Ciro Gomes como candidato à presidência, e apontava supostas irregularidades na contratação de serviço de disparos de mensagens em massa pela campanha de Bolsonaro. 
Publicidade
Agora, cabe ao presidente do TSE, o ministro Luís Roberto Barroso, marcar a data para o julgamento. 
A chapa Bolsonaro-Mourão é alvo ainda de outros dois pedidos de cassação, movidos pela coligação que tinha Fernando Haddad como candidato. Essas ações, no entanto, aguardam decisão sobre o pedido de compartilhamento de dados do inquérito das fake news no Supremo Tribunal Federal (STF).