Fabrício Queiroz
Fabrício QueirozReprodução / SBT
Por O Dia
Brasília - O Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu, nesta terça-feira (16), aceitou o pedido da defesa e concedeu liberdade a Fabrício Queiroz, ex-assessor do senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ), e à mulher dele, Márcia. Entretanto, eles devem seguir em prisão domiciliar porque está em vigor uma decisão do ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF). 
Ou seja, apesar da decisão do STJ, somente uma nova decisão de Gilmar Mendes pode mudar a situação do ex-assessor do filho de Bolsonaro. 
Publicidade
Queiroz e Márcia foram presos pela Polícia Federal no ano passado em um desdobramento das investigações sobre as rachadinhas.