Bolsonaro diz que discute com Forças Armadas sobre possíveis 'problemas sociais'
Bolsonaro diz que discute com Forças Armadas sobre possíveis 'problemas sociais'Agência Brasil
Por iG
Florianópolis - O presidente da República Jair Bolsonaro (sem partido) esteve em Chapecó-SC, na manhã desta terça-feira (07), e discursou para apoiadores em evento de apoio ao prefeito João Rodrigues (PSD). Durante fala, Bolsonaro relatou que conversa com as Forças Armadas sobre possíveis "problemas sociais" no Brasil. Veja o momento em 29 minutos e 40 segundos do vídeo:
Jair iniciou a fala ao dizer que temia por "problemas sociais" no Brasil e que essa é uma das suas pautas em conversas com as Forças Armadas. O presidente perguntou o que poderia ser feito para evitar saques e revoltas causadas pela falta de emprego e renda da população e questionou as razões que levariam a população a tomar essa atitude.
Publicidade
"Eu tenho dito publicamente: eu temo por problemas sociais gravíssimos no Brasil. Converso com as nossas Forças Armadas, se eclodir isso pelo Brasil, o que nós vamos fazer? Temos efetivo para conter? A quantidade de problemas que podemos ter pela frente... E outra: é uma explosão por maldade ou necessidade? O que podemos fazer para evitar isso daí, como nos preparar", disse.
Por fim, Bolsonaro atacou o Partido dos Trabalhadores (PT) ao dizer que está "se lixando pra 2022" e ratificou que não fará um lockdown nacional para combater o avanço da pandemia da covid-19 no Brasil. "Seria muito mais fácil ficar quieto, se acomodar, não tocar nesse assunto. Ou atender como alguns querem de mim, para ter um lockdown nacional. Não vai ter lockdown nacional", disse.