Jair Bolsonaro acena para motoristas na Via Dutra de ResendeReprodução/Twitter

Rio - O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) esteve neste sábado (27) acenando para motoristas na Via Dutra em Resende. Ao lado do ministro da Defesa, general Walter Braga Netto e antes de partir para a cerimônia de formatura dos cadetes da Academia Militar das Agulhas Negras (Aman), Bolsonaro foi até às margens da Dutra para acenar civis e cumprimentar policiais rodoviários federais.
Enquanto alguns motoristas buzinavam em resposta ao aceno do chefe do Executivo, uma mulher passou pela comitiva e proferiu xingamentos ao presidente. Além de Bolsonaro, membros da comitiva e outras pessoas que estavam presentes testemunharam as ofensas.
Nesta segunda-feira (29), vários posts nas redes sociais falavam sobre o termo 'noivinha do Aristides', expressão que os internautas colocaram como sendo da motorista, mas não há evidências sobre o fato. O termo jocoso remeteria a um instrutor de judô do presidente no Exército. Mas uma vez, foi usada sem nenhum tipo de prova.
Após os xingamentos, o veículo foi abordado pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) e a mulher foi detida por injúria e levada para a delegacia da Polícia Federal de Volta Redonda. Em nota, a PRF informou que foi lavrado um termo circunstanciado pelo crime de injúria. Por se tratar de um crime de menor potencial ofensivo, a mulher foi liberada após assumir o compromisso de comparecer em juízo, como determina a lei.