Alexandre Borges: 'Estou adorando meus 50'

Ator conta como encara o passar do anos e revela segredo para manter a forma

Por Gabriel Sobreira

Alexandre Borges diz que ator tem emprego a vida toda
Alexandre Borges diz que ator tem emprego a vida toda -

Rio - Quando pensa nos anos 1990, Alexandre Borges diz que viveu intensamente a época e acrescenta que naquele momento fatos importantes aconteceram na vida dele. "Casei com a Julia (Lemmertz, atriz — o casal se separou em 2015), meu início na Globo (estreou em 'Incidente em Antares', em 1994). Estava morando em Portugal e foi quando voltei para o Brasil", lembra o intérprete do bon vivant Quinzão, em 'Verão 90', da Globo.

Dessa época, o ator de 52 anos confessa que sente falta das cartinhas de fãs e afirma que, em se tratando de tecnologia no telefone, ele quase parou nos anos 1990. "Pra mim, tem que ser uma coisa muito simples. Não tenho rede social, nem WhatsApp. Por opção, achei que daria mais tempo para minhas coisas", explica. "No meu trabalho já é uma constante lidar com público, fãs, imprensa, lançamentos. Faz parte, é gostoso. Acho incrível com certeza toda a tecnologia, mas sou um ator, vivo do concreto, do real, do olho no olho", acrescenta.

O fato de já ter passado da casa dos 50 não é nem de longe um problema para o experiente ator. "Estou adorando meus 50", atesta ele, que é pai de Miguel, 19 anos, fruto do casamento com Julia. "O meu filho é ligado ao movimento hip-hop, cara engajado, faz rima, tem talento, faz faculdade de jornalismo", derrete-se, orgulhoso.

Alexandre diz que a maturidade também repercute na profissão. Segundo ele, o ofício de ator vai de Romeu e termina em Rei Lear (personagens do dramaturgo inglês William Shakespeare). "Nesse arco de personagens que você pode ser ator e ter emprego para a vida toda, porque sempre vai ter emprego para quem tem 50, 60, 70", afirma.

O galã conta que sua principal preocupação mesmo é manter o corpo apto para estar em cena. Para isso, ele tenta buscar o básico.

"Caminhada, se possível, diariamente, uns 40, 50 minutos. Abdominais, flexões, limpeza de pele, creminhos, uma alimentação melhor. Cortei refrigerante e muito doce. São coisas que você vai se adaptando", ensina ele, aos risos.

Comentários