Mais Lidas

Morre o cantor e compositor Tavito, coautor de 'Casa No Campo'

Integrante da cena mineira do Clube da Esquina, ele estava internado para tratar um câncer

Por O Dia

Integrantes do Clube: Tavito Carvalho posa com o guitarrista mineiro Toninho Horta (E)
Integrantes do Clube: Tavito Carvalho posa com o guitarrista mineiro Toninho Horta (E) -

Luis Otávio de Melo Carvalho, mais conhecido como Tavito, tornou-se conhecido do grande público como co-autor de 'Casa no Campo' com Zé Rodrix. Também foi guitarrista do Som Imaginário, banda que acompanhou Milton Nascimento, e conquistou o sucesso como cantor, com 'Rua Ramalhete' (imortalizada pelo verso que falava em "e o som dos Beatles na vitrola"). O músico morreu nesta terça, aos 71 anos, em São Paulo. Tavito estava internado no Hospital Sancta Maggiore para tratar um câncer no pescoço, segundo Celina, sua esposa.

Tavito também foi autor de vários jingles. Um deles, até hoje, é escutado constantemente na programação de esportes da Globo. É 'Coração Verde e Amarelo', parceria com o letrista Aldir Blanc que virou jingle das transmissões Da Copa do Mundo de 1994 ("Eu sei que vou, vou do jeito que eu sei, de gol em gol, com direito a replay, eu sei que vou, com o coração batendo a mil, é taça na raça Brasil!"), e depois passou a aparecer na tela em formato instrumental. Outro sucesso de Tavito, 'Começo, Meio e Fim', foi regravado depois pelo Roupa Nova e entrou para a trilha da novela 'Felicidade' (1991).

O artista era mineiro de Belo Horizonte e iniciou a carreira na mesma cena local da qual faziam parte Milton, Lô Borges, Beto Guedes e outros - e que se tornou conhecida como Clube da Esquina. Nos últimos anos, continuava gravando discos e tinha uma produtora, TavMusic, com a mulher. O músico deixa uma filha. O velório será no Cemitério do Araçá. O corpo será cremado hoje no cemitério da Vila Alpina.

Repercussão

Em um de seus discos, 'Tavito 3' (1982), o músico foi acompanhado pela banda carioca Terra Molhada, que fez sucesso na noite carioca durante os anos 1970 e 1980, tocando repertório de Beatles. Cecelo Frony, ex-guitarrista do Terra, postou no Facebook que "com ele (Tavito) aprendi os caminhos para ser um músico profissional. Com ele aprendi os truques da harmonia sofisticada nos coros e no violão. Na sua casa estava quando recebi a notícia da morte do (John) Lennon".

Lô Borges postou uma foto ao lado de Tavito e escreveu a frase "descanse em paz, querido amigo!". Gutemberg Guarabyra, da dupla com Sá, escreveu no Facebook: "Meus caros, um dos dias mais tristes de minha vida. Tavito, companheiro de uma vida inteira, acaba de nos deixar cantando sem a sua companhia no palco da vida. Muito muito muito triste".

 

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários