Mais Lidas

Rafaella Santos, irmã de Neymar, fala sobre confusão com jogador, Anitta e Marquezine

Ela tentou esclarecer aos internautas o que de fato aconteceu no Carnaval

Por O Dia

Neymar e a irmã, Rafaella Santos
Neymar e a irmã, Rafaella Santos -

Rio - A confusão envolvendo Neymar, Anitta e Bruna Marquezine continua dando o que falar. O jogador e Anitta curtiram o segundo dia de desfiles do Grupo Especial no mesmo camarote que tinha Bruna Marquezine como musa. Logo começaram as especulações de que Anitta e Neymar estavam ficando e Bruna Marquezine chegou a excluir sua conta no Instagram. 

Na internet, muitas pessoas criticaram a atitude de Neymar e disseram que ele não precisava estar no mesmo camarote que Bruna. "Neymar tinha passe livre para ir em qualquer camarote da Sapucaí, mas resolveu ir justamente no que Marquezine era musa. Fez joguinho com a Anitta para atingir a garota e no final de tudo isso, quem foi massacrada pelo tribunal da internet foi a Bruna", disse uma pessoa. 

Ao ler esse comentário, Rafaella Santos defendeu o irmão. "Não é dessa forma que vocês estão enxergando. Ele tinha livre acesso, sim, por isso foi no Nosso Camarote, por ter amigos que fazem o evento, como no Camarote Rio também! Sem noção são as pessoas que estão criando algo que não existe e que acabam com palavras machucando alguém. Vamos respeitar ambos, estão livres e solteiros. Mais amor, gente!", disse a irmã de Neymar. 

Rafaella também elogiou Bruna Marquezine e pediu para as pessoas deixarem a atriz em paz. "Não estou defendendo, estou falando exatamente como foi! A Bruna é uma mulher incrível e espero que as pessoas tenham o maior respeito por ela e que a deixem em paz! Ninguém gosta de ler comentários maldosos", finalizou.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários