Episódio dublado de 'Brooklyn Nine-Nine' faz referência a Bolsonaro e gera polêmica

Dan Goor, um dos criadores da série, criticou a dublagem feita pela TNT no Brasil

Por Leandro Chagas*

Jake Peralta (Andy Samberg) e Charles Boyle (Joe Lo Trugilo), personagens de ‘Brooklyn Nine-Nine’
Jake Peralta (Andy Samberg) e Charles Boyle (Joe Lo Trugilo), personagens de ‘Brooklyn Nine-Nine’ -

Rio - A dublagem da série de comédia 'Brooklyn Nine-Nine', virou motivo debate nas redes sociais do mundo todo. No trecho de “HalloVeen”, 4° episodio da 5° temporada, exibido no último sábado (09) pela TNT no Brasil, o personagem Charles Boyle (Joe Lo Truglio), faz referência ao presidente Jair Bolsonaro.

Na dublagem, Boyle diz a frase "é melhor já ir se acostumando", e depois utiliza o termo “minion”, referência a “bolsominions”, que é usado de maneira pejorativa na política brasileira para se referir aos eleitores de Bolsonaro.

No áudio original, não há nenhum tipo de menção a Jair ou a algum termo político. No lugar de “minion”, o personagem usava a expressão “tramp” (que pode ser traduzida como “molenga” ou “vagabundo”).

Confira no vídeo a comparação entre as versões com áudio original e dublado:

Ao saber da repercussão através dos fãs, Dan Goor, um dos produtores da série, criticou a dublagem feita pela TNT:

'Isso é verdade????', questionou Dan. Após a repercussão negativa, a TNT utilizou o Twitter para pedir desculpas, e disse ter solicitado uma correção da dublagem:

*Estagiário sob supervisão de Thiago Antunes

Comentários