Mais Lidas

Karine Teles grava nova temporada de 'Malhação'

Além de fazer novela da Globo, atriz está no espetáculo 'Os Últimos Dias de Gilda' e atua em série do Canal Brasil

Por BRUNNA CONDINI

Karine Teles vive Gilda no teatro e fará uma mulher casada em 'Malhação'
Karine Teles vive Gilda no teatro e fará uma mulher casada em 'Malhação' -

Rio - Além de estar na nova temporada de 'Malhação - Toda Forma de Amar', que estreia em abril, Karine Teles está no palco, hoje e amanhã, com únicas apresentações do espetáculo 'Os Últimos Dias de Gilda', dirigida por Camilo Pellegrini, no Teatro Maria Clara Machado, na Gávea.

No monólogo, a atriz dá vida a uma talentosa cozinheira, também uma exímia amante, que exibe seus dotes culinários antes, durante ou depois do ato sexual. Sua liberdade incomoda a vizinhança, e ela é alvo de intolerância e agressões. Karine protagonizou o espetáculo há 15 anos e salienta que sua temática ainda continua atual.

Karine Teles na pele de Gilda, no teatro - Camilo Pellegrini

"Acho que as pessoas têm medo do desconhecido, todo preconceito contém ignorância. Por isso, cultura e educação são as únicas formas de combater preconceito. A violência é parte da história da humanidade desde sempre. E seguimos enfrentando praticamente os mesmos problemas morais que enfrentávamos há um século. Um grupo querendo dominar e explorar outro e usando a violência e restringindo acesso à educação e cultura como forma de controle", reflete. "Um mundo onde as pessoas amam, são respeitadas, não têm medo, não têm preconceito. Essa é minha utopia", completa.

Exaltada por seus trabalhos nos filmes 'Benzinho' e 'Que Horas Ela Volta?', Karine costuma fazer personagens com uma pegada de engajamento. É proposital?

"Sim! O conteúdo do trabalho é sempre uma questão importante pra mim. Tanto nas coisas que eu escrevo, quanto nas coisas que escolho fazer", garante. "Pode ser uma comédia, como 'Filhos da Pátria', ou um drama tristíssimo como a novela 'Tempo de Amar', um filme político e emocionante, como 'Que Horas Ela Volta?', ou um filme que escolha uma mulher 'invisível' como protagonista como 'Benzinho'. Se me instiga, se me faz questionar comportamentos e encontrar caminhos para mudança, se tem assunto pra debate, me interessa".

TV ABERTA E FECHADA

Com o espetáculo, escrito pelo dramaturgo Rodrigo De Roure especialmente para ela, Karine poderá ser vista nos palcos e na TV fechada, com a mesma personagem. 'Gilda' chega à programação do Canal Brasil ainda este ano numa série de quatro episódios.

Além disso, a partir de abril, ela estará na pele de Regina, no folhetim adolescente da Globo. "Ela é uma mulher bastante diferente de mim em muitos aspectos, menos no amor que tem pelo filho, Guga, vivido pelo talentosíssimo Pedro Alves. E é casada com Max, personagem do maravilhoso Roberto Bontempo. Estou animadíssima", vibra a atriz, que completa 26 anos de carreira.

Karine Teles em 'Os Filhos da Pátria' - Divulgação/TV Globo

Ela comenta sobre a importância de 'Malhação' vir colocando em destaque temas contemporâneos.

"A novela tem uma audiência bem mais ampla do que só o público jovem. Acho que discutir temas atuais e desmistificar tabus é função da arte. Se podemos fazer isso em rede nacional, para milhões de pessoas ao mesmo tempo, isso me interessa. Acredito no poder da arte porque sei o tanto que aprendo todo dia com livros, filmes, musicas, séries. Aprendo principalmente sobre empatia, a força mais poderosa que temos nessa caminhada de evolução", diz.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Galeria de Fotos

Karine Teles vive Gilda no teatro e fará uma mulher casada em 'Malhação' Camila Marchon
Karine Teles na pele de Gilda, no teatro Camilo Pellegrini
Karine Teles na pele de Gilda, no teatro Camilo Pellegrini
Karine Teles em 'Filhos da Pátria' Divulgação/TV Globo

Comentários