Gabi Lopes (E), Gabriel Gasparini e Erasmo Viana (D) posam ao lado de Roberto Justus e conselheiros  - Kelly Fuzaro/Band
Gabi Lopes (E), Gabriel Gasparini e Erasmo Viana (D) posam ao lado de Roberto Justus e conselheiros Kelly Fuzaro/Band
Por Gabriel Sobreira

Rio - Gabi Lopes, Gabriel Gasparini e Erasmo Viana são os influenciadores que disputam nesta segunda-feira o prêmio de R$ 1 milhão e consultoria de R$ 200 mil na grande final de 'O Aprendiz', comandado por Roberto Justus, a partir das 22h, na Band — começa mostrando os bastidores da final e, às 22h30, inicia a grande disputa. Para sair com a grana, o vencedor vai ter que criar alguma melhoria para os habitantes de São Paulo. Precisarão definir qual será a benfeitoria, quantas pessoas serão impactadas e ainda terão liberdade para convidar quem eles quiserem para ajudar na tarefa.

Para Gabi, o confinamento com a distância da família foi a maior dificuldade enfrentada durante o programa. "Eu estava muito focada e queria estar junto com todo mundo, só que uma hora eu vi que as pessoas estavam no programa ali por elas e não eram um time", lembra a ruiva, que já sabe o que fazer caso vença o reality. "Quero continuar vivendo do meu trabalho, já tenho os meus negócios. Então, vou investir para fazer acontecer. Na idade em que estou (24 anos), é importante investir. Não tenho ambição de comprar casa ou carro. Não tenho nada de marca, não tenho apego".

Para Erasmo Viana, a estratégia é fazer o melhor, até porque, segundo ele, essa prova será a que terá mais peso na decisão de Justus. "Os três finalistas têm que jogar com todas as armas que têm", afirma ele, comentando sobre ter sido apontado como algumas das surpresas no programa. "Talvez por eu cuidar do meu corpo, trabalhar com imagem, acho que pode ser um tipo de preconceito das pessoas, mas prefiro encarar pelo lado bom e aceito, com humildade, esse elogio. Sou uma pessoa muito segura das minhas convicções e estou muito feliz por ter conseguido chegar tão longe", comemora.

Com o apoio da maioria dos competidores que já deixaram a atração, Gabriel Gasparini garante que fez bons amigos que levará para a vida. "Sempre agi de forma transparente e de acordo com as minhas convicções. Em nenhum momento fui estratégico, nem pensei em jogo", afirma ele, acrescentando que está preparado para a grande final.

"Irei com foco total. O mesmo foco que eu tive o programa inteiro, a mesma gana de vencer. Não posso ficar pensando no que eles vão fazer ou falar. Tenho que pensar em mim", frisa.

 

Você pode gostar
Comentários