Duio Botta, de 'A Dona do Pedaço', está ansioso para cena em que Jardel é assassinado por Josiane

Além de ator, Duio faz sucesso como dublador

Por Juliana Pimenta

Duio Botta conta que o assassinato do personagem terá um elemento surpresa, ainda não revelado ao público
Duio Botta conta que o assassinato do personagem terá um elemento surpresa, ainda não revelado ao público -

Rio - Ninguém fica de fora das maldades de Josiane, em 'A Dona do Pedaço'. A próxima vítima vai ser o mordomo Jardel e, dessa vez, a aspirante a influenciadora digital vai chegar às últimas consequências. Duio Botta, que interpreta Jardel, comemora todo o sucesso da novela e se diz ansioso para a cena em que será assassinado pela vilã da novela.

"Nós ainda não gravamos, mas tem surpresa nesse assassinato. A expectativa para a cena é enorme porque vou poder mostrar o meu lado ator de verdade. É uma oportunidade única", destaca.

Na trama, Jardel descobre que Josiane e Régis (Reynaldo Gianecchini) são amantes, fotografa o casal e resolve chantagear a filha da patroa. O mordomo diz à influencer que quer dinheiro pelo seu silêncio e, caso a vilã não aceite, ele vai contar toda a verdade a Maria da Paz (Juliana Paes). A partir daí, Josiane marca um encontro com o funcionário em uma estação de metrô e lhe entrega uma bolsa cheia de dinheiro.

Mas o mordomo descumpre sua parte no acordo e pede dinheiro por meses, alegando que a foto comprometedora foi enviada para um lugar seguro na internet. Desesperada com a chantagem, a digital influencer percebe a chegada do metrô e empurra Jardel, que morre atropelado nos trilhos.

Apesar de todo o drama, Duio diz que, no lugar de Jardel, agiria de forma completamente diferente. "Eu falaria logo para a Maria da Paz. Não usaria o sofrimento alheio para chantagear. O Jardel é duas caras. Mas essa segunda cara dele não tem nada a ver comigo. Acho que eu mesmo mataria o Jardel", revela.

NA TV

Com carreira consagrada na dublagem, o ator faz questão de dizer que está aproveitando o sucesso que veio com a novela. "Quando me ligaram para fazer o convite, eu nem acreditei, achei que fosse trote. Mas estou muito feliz com o resultado. A repercussão é gigantesca e estar numa novela das 21h é, sem dúvidas, uma grande vitrine. Muitas pessoas me procuram nas redes sociais", comemora.

A experiência na carreira de dublador é, para ele, de grande valia na preparação do personagem. "Me ajuda a preparar a voz em cena, as entonações. A dublagem me moldou como ator. É uma arte que amo muito. O Jardel é bem caricato e realmente existem pessoas caricatas como ele".

 

Comentários