Léo Pain, campeão do 'The Voice', lança EP com participação de Michel Teló

Sertanejo solta a voz em 'Perdido e Apaixonado', faixa-título do disco

Por RICARDO SCHOTT

Léo Pain
Léo Pain -
Vencedor da última edição do 'The Voice Brasil', Léo Pain ouviu uma promessa de seu técnico Michel Teló: a de que poderia contar com uma participação do cantor de 'Ai Se Eu Te Pego' em alguma gravação sua. Michel cumpriu a promessa e canta na faixa-título de 'Perdido e Apaixonado', primeiro EP de Pain, lançado pela Universal.
"Lembro que na final, cheguei para Michel e falei: 'A carreira artística é muito difícil, preciso da sua ajuda'. E ele falou que gravava comigo e era só dizer o dia e a hora", alegra-se Léo, que paga as contas há vinte anos com música e já havia gravado um DVD independente, ao vivo, que vendia nos shows. Para quitar a filmagem do DVD, Léo vendeu uma van que usava no trabalho.
"Cheguei até a colocar algumas músicas desse DVD no rádio. Todo o dinheiro que eu ganhava na música, eu investia na própria música. Parcelava até para pagar os compositores que eu gravava, falava: 'Vou te pagar em até tantas vezes'. Era aquela coisa de matar um leão por dia", lembra ele, que é filho de cantora. "Minha mãe nunca chegou a ser profissionalizar, cantou em programas de calouros quando solteira. Meu pai é um grande incentivador, mas ele só tocava pandeiro para mim e para meu irmão", brinca.
Direção
Léo, que veio de Santa Maria (RS), cantava em palcos da sua cidade, e já havia pego plateias numerosas em shows em estádios, nos quais abria para artistas conhecidos, como Paula Fernandes e Luan Santana. Bem antes disso, teve uma dupla com o irmão. Já no 'The Voice' precisou encantar uma média de 60 mil telespectadores todas as noites. Léo diz que a primeira coisa que aprendeu no programa foi a ter calma.
"Aprendi a fazer sempre o combinado, para que a reação das pessoas que estão assistindo em casa seja a melhor possível", conta ele, que precisou lidar com o fato de que era dirigido no palco. "Lembro que nunca fiquei nervoso para cantar, mas ficava bastante nervoso na hora de ensaiar. Quando ia cantar, fazia o que já estava combinado e era tudo muito tranquilo".
Pelas redes
No último dia do 'The Voice Brasil', Léo cantou 'Dormi na Praça', de Bruno & Marrone, e desbancou os finalistas Erica Natuza, Isa Guerra e Kevin Ndjana. Pelas redes sociais, alguns fãs de Kevin reclamaram muito do resultado - o camaronês radicado no Brasil era o favorito da edição. "Mas confesso que nem li as críticas, sem demagogia. Saí do programa direto para um monte de outras tarefas e não deu tempo", confessa Léo, que é casado com a bancária Lidiane Cansi e tem uma filha de outro relacionamento, Isabela, de 14 anos. "Minha filha é uma pessoa muito tranquila e me dá muita força", conta.

Galeria de Fotos

Léo Pain Divulgação
Léo Pain Divulgação
Léo Pain Divulgação

Comentários

Últimas de Diversão