De carona no humor: estreia amanhã, na Globo, o 'Choque de Cultura Show'

Programa humorístico é apresentado por quatro motoristas de transporte alternativo que se sentem críticos de cinema

Por Juliana Pimenta

Renan, Rogerinho, Julinho e Maurílio formam o elenco do 'Choque de Cultura Show'
Renan, Rogerinho, Julinho e Maurílio formam o elenco do 'Choque de Cultura Show' -

Rio - Achou que a gente não ia falar de 'Choque de Cultura'? Achou errado. E para quem ainda não é fã dos maiores nomes do transporte alternativo do país, ainda há uma chance. Estreia neste domingo, às 15h30, na Rede Globo, o 'Choque de Cultura Show'. Além das tradicionais críticas de cinema, o programa humorístico passou por uma revolução, e os pilotos ganharam cenário e figurinos novos.

"A nova temporada é a evolução da cultura. Eles conseguiram uma grana do 'sindicato' e estão aplicando sem nenhum critério. O que eles acham legal, o cenário que eles gostam, as roupas que eles acham que vale a pena usar, são todas escolhas meio equivocadas e isso cria uma situação também divertida de ver, que é como aqueles caras enxergam o luxo", conta Caito Mainier, que faz o Rogerinho do Ingá, motorista de uma sprinter azul e vermelha que comanda o programa.

Renan (Daniel Furlan), Maurílio (Raul Chequer) e Julinho (Leandro Ramos) também vão estar, nos próximos domingos, depois da 'Temperatura Máxima', comentando os filmes que acabarem de passar. Neste domingo, o filme que será exibido é 'Thor: O Mundo Sombrio', e os motoristas adiantam: "é o melhor filme de martelo que tem".

Choque na TV

Desde o ano passado, a Globo já vem apresentando os motoristas ao telespectador nesse mesmo esquema de críticas de cinema após os filmes e, também, com a transmissão ao vivo do Oscar 2019. Na ocasião, os pilotos ficaram mais de cinco horas comentando sobre os indicados e os vencedores da cerimônia, enquanto tentavam lidar com problemas que apareciam no caminho.

Dessa vez, com o 'Choque de Cultura Show', a proposta é fazer um programa mais extenso, ainda com as famosas e politicamente incorretas críticas de cinema, mas também permitir que os pilotos se aventurem em novos quadros e confusões. "É uma temporada um pouco maior, então quem não conhece, ou que nunca prestou tanta atenção no 'Choque', vai ter mais tempo para conhecer melhor os personagens e se identificar com um ou outro. É um verdadeiro upgrade", completa Caito.

E a temporada ainda promete muitas surpresas. Na vinheta, o ator Alexandre Nero aparece sentado no lugar de Maurílio no sofá, mas não há como saber o que aconteceu com o 'palestrinha', os motoristas querem evitar 'spoilers' antes da estreia.

Processo criativo

Apesar de parecer bastante espontâneo, a maior parte dos diálogos do programa é pensada com antecedência, em uma reunião que ainda conta com os escritores David Benincá e Pedro Leite. "O programa é mais roteirizado do que parece, mas também improvisamos em cima. Eu adoro e odeio todas as etapas, mas acho que ficar caracterizado gravando, dando os textos que a gente escreveu é a melhor parte", conta Daniel Furlan, intérprete de Renan, que também ficou conhecido como o pior pai do mundo.

Leandro Ramos, o Julinho, diz que todo o processo é pensado e discutido por todas as pessoas da equipe que, inclusive, assistem juntas aos filmes. "A gente faz uma reunião e assiste aos filmes tendo ideias e colocando tudo em um documento. Depois, a gente se divide para a redação final. Quando os textos estão prontos, fazemos uma leitura. Aí, cada um com um personagem, afinamos e, já próximo de gravar, a gente faz um ensaio com o texto. Às vezes, ainda entra um improviso e algum ajuste".

Internet

O show de entretenimento, que fica no ar até o final de outubro, é evolução do 'Choque de Cultura', programa de humor originalmente lançado há quase três anos no canal da TV Quase, no YouTube. Na internet, os quatro personagens, e a invisível assistente Simone, conquistaram o público e ganharam uma legião de fãs.

Um dos vídeos mais comentados é o 'Harry Potter sem Harry Potter', que tem mais três milhões de visualizações e é nada mais do que uma crítica pouco embasada e sem filtros do filme 'Animais Fantásticos e Onde Habitam'.

Livro

Como se não bastasse o sucesso na internet e na TV, o 'Choque' também lançou, no ano passado, o livro '79 Filmes Pra Assistir Enquanto Dirige'. Além da clara ironia de ter uma distração enquanto dirige, o livro traz críticas rasas — sob perspectivas bem íntimas — dos quatro motoristas sobre clássicos do cinema.

 

Comentários