Pedro Bial relembra luta contra depressão e pede: 'Reconheça como uma dor de barriga'

Apresentador aconselhou sobre como lidar com a doença

Por iG

Pedro Bial
Pedro Bial -
São Paulo - Pedro Bial foi um dos convidados da nova temporada do programa "Quebrando o Tabu", que foi ao ar nesta segunda-feira, no canal GNT. Durante o primeiro episódio, o apresentador assumiu o lugar de entrevistado e respondeu questões relacionadas a saúde mental, relembrando a depressão que enfrentou aos 40 anos.
"Chame de doença mental, chame de sofrimento psíquico, chame de patologia psicológica/psiquiátrica, chame como quiser, mas a reconheça como um joelho quebrado, uma dor de barriga”, aconselhou o jornalista.
Baco Exú do Blues, também foi um dos convidados do programa desta segunda e comentou sobre como a depressão em pessoas negras está diretamente relacionado com o racismo: "Eu tenho uma teoria de que todo negro sofre depressão, grandes traumas, indignação. Existe um discurso de que a problemática negra é só financeira. Não, é mental. Financeira, também”, destacou.

O "Quebrando o Tabu" foi para a televisão tratar de assuntos discutidos na sociedade após conquistar 14 milhões de seguidores em suas páginas na internet. Com os milhões de fãs, os organizadores buscaram temas que pudessem ser relevantes para o programa. Os assuntos escolhidos foram: depressão, masculinidade, adoção, religião e política, drogas, privilégios, liberdade de expressão e discurso de ódio, e humanos versus robôs.
Com oito episódios, o programa irá contar com convidados ligados à política nacional, nomes da imprensa e artistas internacionais como o ator americano Terry Crews, o escritor Andrew Solomon, de "O Demônio do Meio Dia", finalista do Prêmio Pulitzer, o jornalista Glenn Greenwald e a deputada federal Tabata Amaral.


Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários