Aos 90 anos, Nathalia Timberg fala sobre liberdade e comenta relação de Gladys e Régis em 'A Dona do Pedaço'

Atriz está encerrando temporada da peça 'Através da Iris' neste domingo, no Leblon

Por Juliana Pimenta

Nathalia completou 90 anos no dia 5 de agosto
Nathalia completou 90 anos no dia 5 de agosto -

Rio - Nathalia Timberg acaba de completar 90 anos. A data simbólica, no entanto, não abalou a disposição da atriz que está no ar como a Gladys, de 'A Dona do Pedaço', e em cartaz com a peça 'Através da Iris', no Leblon.

"As pessoas me perguntavam, às vésperas do meu aniversário, como eu me sinta. Mas está igual aos 89 e provavelmente será igual aos 91. Eu me sinto apta a fazer as coisas que eu sempre fiz. O dia que eu parar, aí sim, aí eu morri e esqueci de fazer", brinca.

Má influência

Com 'A Dona do Pedaço' batendo constantes recordes de audiência, a atriz aproveita para fazer um balanço sobre a sua personagem. "A Gladys não tem noção de uma série de coisas, ela não tem uma visão crítica de si mesmo. Ela é assim porque representa um nicho da sociedade que existe de verdade. Tem muita gente por aí preconceituosa e interesseira como ela", diz. 

A má índole da personagem, segundo Nathalia, influenciou o comportamento do filho Régis (Reynaldo Gianechinni) que aplicou golpes na esposa Maria da Paz (Juliana Paes).

"Ela é muito responsável pela forma como o filho é. Ela tem limites morais e éticos bastante flexíveis e ele foi ficando assim também. A gente vê muitas pessoas que esquecem suas convicções porque lhes é útil ou rentável escolher outro caminho. É muito interessante mostrar isso numa obra. Mas agora o Régis está desenvolvendo uma visão muito interessante de si mesmo e chegando às causas desse comportamento. Eu acho que é uma forma positiva de desenvolvimento como ser humano", destaca.

Liberdade

Apesar dos dilemas morais da personagem na TV, no teatro, Nathalia vive a bem-humorada Iris Apfel, um ícone da moda mundial.

"A figura da Iris é emblemática, porque ela é uma afirmação da liberdade de ser, de estar e se manifestar. E é incrível como essa postura dela me encanta. Eu também sempre prezei pela minha liberdade, nunca aceitei imposições e isso é uma coisa que nós duas temos em comum", destaca.

Com uma vasta experiência como atriz e mais de "60 novelas no lombo", como ela mesma gosta de dizer, Nathalia reflete sobre a importância de se falar sobre liberdade para o seu público.

"No momento em que nós estamos numa democracia, temos que lutar por conservar esse direito precioso. Isso em todas as suas manifestações. Tudo o que possa ameaçar essa liberdade deve ser altamente combatido e mostrado para quem não tem discernimento de perceber sozinho. Isso faz parte da condição do ser livre", declara.

O espetáculo 'Através da Iris' está em cartaz no Teatro Petra Gold, no Leblon, até domingo, 1º de setembro. As apresentações acontecem sexta, sábado e domingo, às 20h.

 

Comentários