Revelada pelo YouTube, Mariana Nolasco canta no Rio sexta e volta mês que vem para show no Rock In Rio

Cantora recorda a época em que começou a postar versões de sucessos no YouTube, aos 13 anos

Por RICARDO SCHOTT

Mariana Nolasco
Mariana Nolasco -

Rio - Parece que foi ontem, mas já tem um bom tempo que Mariana Nolasco estreou como cantora no YouTube, gravando vídeos em que ela apresentava versões de sucessos. Hoje com 21 anos, ela - que começou aos 13 na internet e chegou ao primeiro disco em 2017 - estreia sua primeira turnê autoral, 'Planeta Borboleta', que passa nesta sexta-feira pelo Teatro Clara Nunes, na Gávea. E se prepara para chegar mais uma vez ao Rock In Rio, no dia 5 de outubro, no Palco Supernova.

A cantora já havia se apresentado no Rock In Rio no Digital Stage em 2017. "Achei incrível ser chamada de novo para cantar lá. Cantar no Rock in Rio dá um frio na barriga, mas é uma realização muito grande e deliciosa!", alegra-se Mariana, que tem visto os shows autorais como um encontro consigo própria. "É porque são minhas músicas. É um encontro com a Mariana", conta. "É muito louco, se bem que quando eu fazia versões, sempre tinha uma visão minha em relação à música, o jeito de tocar. Mas quando a gente fala de letra é outra história. Ali falo sobre mim. É o 'eu falando sobre eu'", brinca.

Nascida em Campinas (SP), Mariana recorda que a música nem sequer era uma opção profissional quando começou a fazer vídeos. "Não é algo que seja muito incentivado no interior. Em São Paulo, você tem mais opções, mas lá não é bem assim. Eu sempre gostei muito de música. A única referência que eu tive era meu irmão, que é pouco mais velho que eu, e ganhou um violão. E também os CDs que minha mãe colocava para eu ouvir. Sempre gostei de descobrir coisas diferentes", recorda.

Os vídeos eram uma brincadeira que Mariana começou a fazer sem muita pretensão. "Na época, não tinha isso de youtuber, de gente que colocava conteúdo na internet. Eu fazia os vídeos e deixava no computador da minha mãe, nem colocava no ar. Só bem depois é que fui subir os vídeos. Um tempo depois é que caiu a ficha: 'Meu Deus, dá para trabalhar com isso!'", brinca. Hoje, Mariana já teve conquistas bem legais: uma delas foi participar do remake do sucesso coletivo dos anos 1980 'We Are The World', ao lado de 30 cantores de todas as partes do mundo que ficaram famosos postando vídeos no YouTube.

Subir no palco era uma hipótese tão distante que Mariana sequer levava em conta. Até que, já com um número considerável de seguidores (e vídeos viralizados) decidiu agendar um encontro numa livraria com alguns fãs. "Lembro que fiquei muito nervosa, mas achei muito legal. Eu não aparecia em muitos lugares, então era algo como 'nossa, você existe!'", graceja. Como é comum, a fama trouxe fãs e haters. "No começo era complicado aceitar que uma pessoa não gostava da minha voz. Para entender isso foi um processo... Eu ficava: 'O que eu fiz para essa pessoa não gostar de mim?'", conta.

Fazer show ainda é uma desafio para Mariana. "Se eu estou gravando e algo sai errado, eu refaço. Num show não é bem assim", conta. "E é um trampo que não é só meu: tem a galera do som, da banda, a lojinha. É legal saber que essa entrega não passa só por mim. Até me deixa mais confortável e o nervoso passa".

Vídeo

Uma novidade para os fãs no show carioca: o clipe da música-título da turnê, 'Planeta Borboleta', será exibido ao vivo no palco. Sons autorais já conhecidos como 'Poemas Que Colori', 'Que Seja Pra Ficar' e 'Sons de Amor' estarão no repertório.

Galeria de Fotos

Mariana Nolasco Divulgação
Mariana Nolasco Divulgação
Mariana Nolasco Divulgação
Mariana Nolasco Divulgação
Mariana Nolasco Divulgação

Comentários