Maria Zilda expõe segredos da Globo e diz quanto recebe por reprise: 'Esmola'

Revelação foi feita pela atriz, que foi sucesso nos anos 80, durante uma live com colega de profissão

Por iG

Maria Zilda
Maria Zilda -

São Paulo - Sucesso das novelas no anos 80, a atriz Maria Zilda está de fora das telinhas e tem feito lives com seus colegas de profissão durante o período de isolamento social. A atriz, que enfrenta uma doença degenerativa no olho, revelou alguns segredos da Rede Globo e de outros famosos. Em uma live com a atriz Elizângela ela criticou o quanto recebe pelas reprises.

Galeria de Fotos

Maria Zilda Bethlem e Ary Fontoura Reprodução
Sucesso nos anos 80, atriz Maria Zilda enfrenta doença degenerativa no olho Reprodução
Maria Zilda Bethlem se emociona em entrevista no programa 'The Noite' de Danilo Gentili Gabriel Cardoso/SBT
Maria Zilda Bethlem se emociona em entrevista no programa 'The Noite' de Danilo Gentili Gabriel Cardoso/SBT
Maria Zilda Bethlem se emociona em entrevista no programa 'The Noite' de Danilo Gentili Gabriel Cardoso/SBT
Maria Zilda Bethlem se emociona em entrevista no programa 'The Noite' de Danilo Gentili Gabriel Cardoso/SBT
Maria Zilda Bethlem se emociona em entrevista no programa 'The Noite' de Danilo Gentili Gabriel Cardoso/SBT
Maria Zilda Bethlem se emociona em entrevista no programa 'The Noite' de Danilo Gentili Gabriel Cardoso/SBT
Livro "A Caçadora de Amor", de Maria Zilda Bethlem Divulgação
Maria Zilda Bethlem Divulgação
Maria Zilda fala sobre polêmica com Patrícia Poeta no 'Mais Você' Reprodução Internet
Maria Zilda Reprodução da internet

Maria Zilda fez questão de falar ao vivo o quanto recebeu pela reprise de "Selva de Pedra" no Viva. Segundo a atriz, pagaram apenas R$ 237,40 por toda a exibição. "O Viva não paga, o Viva dá uma esmola", concordou Elizângela. A dona da live explicou que pela lei os atores deveriam ganhar 10% de todo o salário que eles receberam durante um ano fazendo a novela. Porém, a convidada lembrou que a Globo trata a exibição no Viva como uma venda, mesmo sendo do mesmo grupo, e paga menos ao elenco por isso. 

Está no celular? Clique aqui e veja fotos!

Não para por aí. Maria Zilda  também expôs um suposto esquema que a empresa da família Marinho tem para ganhar mais dinheiro com a venda de produtos ao exterior. "Armaram um esquema que é maravilhoso. Eles têm uma empresa na América Central e eles vendem cada capítulo da novela por 100 dólares. Essa empresa vende para a Bulgária (exemplo) por 10 mil dólares o capítulo. Você ganha em cima de 100 dólares", ela explicou. 

Em comunicado enviado ao Notícias da TV, A Globo disse que todas as vendas de novelas ao exterior são feitas por empresas nacionais. Porém, em 2017, o site Poder360 noticiou que o canal de televisão teria uma empresa nas Bahamas focada nas vendas para fora do país. Na ocasião, a Globo disse que era detentora da empresa, mas as atividades da empresa foram encerradas em 2011.

Bombas dos Famosos

Na live com Elizângela, a atriz também falou sobre outros assuntos. Uma das bombas que saiu dessa conversa foi Maria Zilda contando como descobriu que Ary Fontana é gay. Paulinho Vilhena também foi assunto da conversa das duas e Elizângela desmentiu os rumores de que ele seria problemático e falou que, na verdade, o ator é um cavalheiro.  

Maria Zilda ainda contou para a atriz de uma história dos bastidores. Ela não revelou em qual novela passou por isso, só falou que deve ter gravado a trama há uns anos. A atriz disse que a protagonista do folhetim tinha em contrato que só grava de segundas e terças e todo o trabalho de uma semana tinha que ser concentrado em dois dias.

Já na conversa com Sandra Pêra, irmã de Marília Pêra e que fez parte das Frenéticas, a atriz relembrou histórias dos anos 70. As amigas recordaram como se divertiam com amigos e até Ney Latorraca entrou no meio da história. A cantora contou de uma vez em que ela e o ator tomaram uma droga alucinante e foram comprar sorvete, mas acabaram sendo parados pela polícia, em plena época de ditadura militar. Para a sorte deles, tudo acabou bem.

Comentários