Tereza SeiblitzReprodução/Record

Rio - Tereza Seiblitz, de 57 anos, acusou André Gonçalves, de 46 anos, de negligência no "Domingo Espetácular" deste final de semana. Além de não pagar pensão, o ator também não teria dado suporte emocional à filha, Manuela, de 22 anos, durante seu crescimento.
"O pai nunca foi a uma estreia [dela]. Não foi em uma reunião de escola, em lugar algum... e só com a Manuela pode dizer [como se sente]. Tive um pai muito presente, então, não faço ideia do que é não ter um pai que esteja lá na hora em que você precisa afetivamente", disse a atriz, em entrevista ao "Domingo Espetacular", da RecordTV.
De acordo com Tereza, os problemas com a pensão não é algo novo. Hoje a dívida passa de R$ 100 mil. "[Desde 2009], ele não pagava sempre. Pagava, parava de pagar... na época, eu estava contratada e não era um problema. Começou a virar um problema quando ele baixou o valor da pensão. Tentei conversar com ele umas três vezes. Ele foi muito grosso, falou que não queria conversar e mandou um advogado direto", relatou ela.
Em 2021, o ator teve prisão decretada por dever pensão não só a Manuela, mas também a Valentina, filha que teve com Cinthia Benini. Em meio a repercussão, André Gonçalves declarou que tentou conseguir um empréstimo com o banco, mas o mesmo não foi aprovado. Sua parceira, Dani Winits, e amigos se ofereceram para pagar as dívidas, mas o mesmo recusou ajuda. Apesar do tempo turbulento, o ator passou o Réveillon em Angra dos Reis, no Rio de Janeiro, num hotel com diárias avaliadas em R$ 11 mil.