Apple oferece US$ 1 milhão para quem conseguir hackear iPhone

Diante de recentes casos de roubo de dados em massa, esta é a maior premiação da história oferecido pela companhia

Por ISTOÉ ECONOMIA

iPhone X
iPhone X -

Rio - A Apple anunciou nesta sexta-feira que irá pagar US$ 1 milhão para quem conseguir detectar falhas de segurança e invadir remotamente celulares com sistema operacional iOS. Diante de recentes casos de roubo de dados em massa, esta é a maior premiação da história oferecido pela companhia. O maior prêmio oferecido até então havia sido de R$ 200 mil para relatórios de bugs que poderiam ser corrigidos com atualizações.

Esta será a primeira vez que o “desafio” é feito a qualquer um. Antes a marca da maçã costumava convidar pesquisadores para procurar brechas nos sistemas operacionais e de nuvem da empresa. O prêmio será dado aquele que conseguir acesso remoto ao kernel do iPhone – centro que faz a ligação entre hardware e software – sem qualquer ação do usuário do aparelho.

Com o lançamento do concurso, a Apple dá mais um passo em direção a melhorar a segurança digital dos dados de seus usuários, assunto que aos poucos vai monopolizando o noticiário de tecnologia

Comentários