Aposentados do INSS vão receber R$ 78,6 milhões em atrasados

Conselho libera recursos para pagar 6,03 mil ganhadores de ações no Rio e no Espírito Santo

Por MARTHA IMENES

Bancos comunicam sobre prova de vida anual por meio dos terminais eletrônicos de autoatendimento
Bancos comunicam sobre prova de vida anual por meio dos terminais eletrônicos de autoatendimento -

A Justiça Federal liberou mais um lote de Requisições de Pequeno Valor (RPVs) para pagar atrasados de revisões de aposentadorias, pensões e outros benefícios a segurados que ganharam ações judiciais contra o INSS em julho passado. Para o Rio de Janeiro e Espírito Santo, área do Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF-2), o Conselho destinou R$ 78,6 milhões para pagar atrasados a 6.033 aposentados.
As RPVs são pagas para quem ganhou processo que rendeu atrasados de até 60 salários mínimos, ou seja, R$59,8 mil. É importante ressaltar que não há mais como o INSS recorrer das sentenças. Para todo o país o Conselho da Justiça Federal (CJF) liberou R$1,06 bilhão para pagar ações previdenciárias que somam 70.631 processos.
De acordo com o Conselho, os tribunais são os responsáveis por elaborar o calendário de pagamento das RPVs. A data de liberação para aposentados do Rio e Espírito Santo ainda não foi divulgada pelo TRF-2, responsável pelos dois estados.
Os tribunais também abrem contas correntes em agências do Banco do Brasil ou da Caixa Econômica Federal para que os beneficiados possam receber o dinheiro. O depósito é feito em nome de quem ganhou o processo judicial contra a Previdência Social. No caso de falecimento do beneficiário, os herdeiros têm direito a receber o dinheiro.

Consulta
Para saber se tem direito a receber esses atrasados basta acessar a página do TRF-2 para saber se foi contemplado com a bolada.
Os aposentados ou pensionistas do INSS podem verificar quando e quanto terão de atrasados pela internet. A consulta é ser feita na página www.trf2.jus.br.
Nela, precisam ir ao menu à esquerda da tela e procurar o campo Precatórios/RPV, e clicar em "Consultas", depois em Pesquisa ao Público.
Para facilitar o acesso à pagina do tribunal, os segurados do INSS devem ter o número do requerimento do processo ou do CPF do ganhador do processo ou da ação. Ao digitar o código que vai aparecer na tela, basta clicar em "Confirmar" para concluir a operação.

Em todo país, mais de 70 mil processos
O Conselho da Justiça Federal destinou R$ 1,06 bilhão para quitar matérias previdenciárias e assistenciais, como revisões de aposentadorias, pensões e outros benefícios em 70.631 processos em todo país.
O tribunal da 1ª Região, que abrange estados como Minas Gerais, Goiás, Tocantins, Bahia, entre outros, além do Distrito Federal, por exemplo, recebeu pouco mais de R$399 milhões para pagar 22.159 processos. O TRF da 3ª Região (São Paulo e Mato Grosso do Sul) terá R$178,7 milhões e vai beneficiar 11.301 pessoas.
Segurados do Rio Grande do Sul, Paraná e Santa Catarina (TRF da 4ª Região) terão direito a atrasados da ordem de R$266 milhões para pagar a dívida de 20.665 processos. E o TRF da 5ª Região (Pernambuco, Ceará, Sergipe Alagoas, Rio Grande do Norte e Paraíba) vai pagar para 18.348 segurados, mais de R$ R$141,2 milhões.
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários