Flamengo e Fluminense assinam acordo de gestão do Maracanã

Governador Wilson Witzel reforça que vai cobrar do Rubro-Negro, único permissionário

Por O Dia

Maracanã será gerido pela dupla Fla-Flu
Maracanã será gerido pela dupla Fla-Flu -

Agora é oficial. O Flamengo assinou nesta sexta-feira o acordo com o governo do Estado para gerir o Maracanã ao lado do Fluminense. Como o Tricolor não tem a Certidão Negativa de Débito (CND), apenas o Rubro-Negro está legalmente responsável pelo contrato e será cobrado por isso, segundo o governador do Rio, Wilson Witzel. Entretanto, os dois clubes reforçaram que farão uma gestão conjunta e com as mesmas obrigações a partir de 19 de abril.

"O governador pode ter certeza de que não vai se arrepender. Vamos trabalhar incessantemente para prestar os melhores serviços", prometeu o presidente do Flamengo, Rodolfo Landim.

Na cerimônia, no Palácio Guanabara, o governador Wilson Witzel reforçou que a responsabilidade por fazer os pagamentos e por cumprir o contrato de 180 dias será do Flamengo. O Fluminense está correndo atrás da CND e, quando conseguir, também entrará como permissionário. Mas os dois clubes serão responsáveis por  R$ 2 milhões de manutenção e mais R$ 166 mil por mês ao governo.

"Flamengo é permissionário e o Fluminense é interveniente. Mas os clubes combinaram que as decisões vão ser compartilhadas. Se o Flamengo quiser dividir as decisões da gestão com o Fluminense, é problema dele. Eu vou cobrar do Rubro-Negro", afirmou Witzel.

Apesar das polêmicas, principalmente com o Vasco, que é contra a gestão da dupla Fla-Flu e pretende entrar na Justiça contra esse acordo temporário, Flamengo e Fluminense abriram as portas para os rivais jogarem no Maracanã. A promessa é de valores mais baixos de aluguel e de operação de jogos.

" Não só Flamengo e Fluminense, mas Botafogo e Vasco também estão mais que convidados, também construíram a história do estádio, a gente prevê a participação deles. Nosso modelo prevê isso. Vamos colocar um valor de aluguel que nunca foi praticado", prometeu o presidente tricolor, Pedro Abad.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários