Justiça determina busca e apreensão do celular de Najila Trindade

Solicitação da Polícia Civil foi atendida para continuar investigação sobre acusação de estupro contra Neymar

Por O Dia

Najila Trindade
Najila Trindade -
Rio - A Justiça expediu um mandado de busca e apreensão do celular da modelo Najila Trindade que acusa Neymar de estupro. A solicitação foi pedida pela Polícia Civil, porque no telefone poderiam estar armazenadas provas para o caso. As informações são do portal "UOL".
Najila afirma ter um vídeo com duração de sete minutos comprovando a sua acusação. Um pequeno trecho chegou a ser vazado nas redes sociais. Porém, a modelo que havia se comprometido a entregar o vídeo voluntariamente ás 20 horas do dia 11 de junho, o que acabou não ocorrendo. Por conta disso, o seu antigo advogado abandonou o caso.
Em entrevista ao "UOL", o novo advogado de Najila, Cosme Araújo, afirmou que ainda não tem conhecimento do mandado e e que desembarcará em São Paulo possivelmente esta semana.

Comentários