UFC: Pronto pra 'chocar o mundo', Marreta analisa Jon Jones: 'Acha que vai ser fácil'

Prestes a fazer a luta mais importante da sua carreira, Thiago Marreta revela impressões de encarada com Jon "Bones" Jones e fala de suas expectativas para enfrentar o campeão

Por Lance

Thiago Marreta promete surpreender o mundo e destronar Jon Jones no UFC 239
Thiago Marreta promete surpreender o mundo e destronar Jon Jones no UFC 239 -
Por Mateus Machado

Rio - O momento mais importante da carreira de Thiago Marreta está prestes a acontecer. Neste sábado (6), na luta principal do UFC 239, em Las Vegas (EUA), o brasileiro disputará o título da categoria meio-pesado contra o campeão Jon Jones, considerado um dos grandes nomes da história do MMA.

Vindo de quatro vitórias consecutivas, sendo três delas por nocaute, Marreta sabe do enorme desafio que terá pela frente, mas garante estar pronto para "chocar o mundo", como o próprio lutador diz desde que o combate foi anunciado.

Procurando se manter longe de toda a pressão e ansiedade que envolve uma disputa de título, o carioca afirmou que vem mantendo seu pensamento e ações sem qualquer tipo de alteração, como se fosse apenas "mais uma luta". Em entrevista com jornalistas pela internet, Marreta também falou sobre como foi a primeira encarada com Jon Jones.

"A gente não se falou, não se cruzou, não houve nada. Na encarada, aconteceu o que vocês viram, ele deu um sorriso, meio que esnobe e foi isso. Eu sorri para ele de volta apenas para retribuir. Ele acha que já venceu e que vai ser fácil", revelou o lutador, de 35 anos.

Confira a entrevista na íntegra com Thiago Marreta:

- Psicológico 'em dia' para a luta

"Acho que sim, talvez o psicológico seja um fator importante, mas é uma luta como outra qualquer, não é só 'cabeça', temos que conseguir colocar a estratégia em jogo, estar bem treinado. A parte mental tem que estar bem trabalhada por ser a luta principal e uma disputa de cinturão, mas eu acho que engloba tudo, não apenas o fator psicológico."

- Disputa de cinturão contra Jon Jones

"Eu prefiro tratar como se fosse apenas mais um adversário. Estou procurando agir como eu ajo em todas as lutas, dentro da normalidade. É apenas mais uma semana de luta normal, mais um duelo normal, focando na perda de peso. Tudo dentro da normalidade." 

- Primeira encarada com o campeão

"A gente não se falou, não se cruzou, não houve nada. Na encarada, aconteceu o que vocês viram, ele deu um sorriso, meio que esnobe e foi isso. Eu sorri para ele de volta apenas para retribuir. Ele acha que já venceu e que vai ser fácil. Gosto de fazer uma leitura dos meus adversários na hora da encarada e na troca de olhares, pela expressão, me olhando de cima para baixo, como se eu fosse inferior a ele e que essa luta vai ser uma coisa fácil para ele. Foi isso que ele me passou." 

- Vantagem para Marreta nos primeiros rounds

"Não é que esteja errado ou certo quem faz essa previsão, mas o MMA é muito imprevisível, tudo pode acontecer na luta. É difícil prever qualquer coisa. É normal que as pessoas deem a opinião delas e falem que, nos primeiros rounds, eu posso nocautear e vencer, e se for uma luta mais longa, a vantagem é dele, mas é muito complicado prever qualquer coisa sobre essa luta." 

- Estratégia para nocautear Jon Jones

Não tem fórmula mágica. É muito treino e fazer tudo aquilo que a gente treinou. Na hora a gente vai ver se tudo o que a gente preparou vai dar resultado contra o jogo dele. Estou trabalhando como sempre trabalhei.

- Retrospecto invicto de Jon Jones contra brasileiros

"Não me assusta, de maneira alguma. Independentemente de ser brasileiro ou não, ele venceu grandes lutadores, foi a carreira que ele construiu. São só estatísticas, números, isso não quer dizer nada, até porque cada luta é uma luta." 

- Temor de que a luta possa ser cancelada pelo histórico de Jon Jones

"Parece que sim, que a luta realmente vai acontecer. As coisas estão indo bem, estão acontecendo com normalidade, sem nenhum alteração. Espero que tudo ocorra bem até o dia da luta para que tudo seja feito. É uma oportunidade ímpar, não só por uma disputa de cinturão, mas por enfrentar um lutador que é considerado um dos melhores de todos os tempos. Ninguém quer perder essa oportunidade." 

CARD COMPLETO:

UFC 239
Sábado, 06 de julho de 2019
Las Vegas, nos Estados Unidos

Card principal
Peso-meio-pesado: Jon Jones x Thiago Marreta
Peso-galo: Amanda Nunes x Holly Holm
Peso-meio-médio: Jorge Masvidal x Ben Askren
Peso-meio-pesado: Jan Blachowicz x Luke Rockhold
Peso-meio-médio: Diego Sanchez x Michael Chiesa

Card preliminar
Peso-pena: Gilbert Melendez x Arnold Allen
Peso-galo: Marlon Vera x Nohelin Hernandez
Peso-palha: Claudinha Gadelha x Randa Markos
Peso-galo: Alejandro Perez x Song Yadong
Peso-médio: Edmen Shahbazyan x Jack Marshman
Peso-meio-médio: Ismail Naurdiev x Chance Rencountre
Peso-galo: Julia Avila x Pannie Kianzad