Neymar não se apresenta ao Paris Saint-Germain

Diretoria do clube francês avisa que vai tomar todas as 'medidas cabíveis'

Por O Dia

Neymar e o filho, David Lucca, na final da Copa América com Caboclo
Neymar e o filho, David Lucca, na final da Copa América com Caboclo -
A reapresentação dos jogadores do PSG, ontem, teve um grande ausente. Sem autorização do clube, de acordo com nota oficial emitida pela diretoria, Neymar permaneceu no Brasil, onde na tarde de domingo foi visto no Maracanã, acompanhando a vitória da Seleção sobre o Peru, por 3 a 1, e a conquista da Copa América.

O PSG afirmou que "deplora essa situação e tomará medidas cabíveis", dando a entender que punirá o craque pela indisciplina. Neymar, por sua vez, não esconde o desejo de voltar ao Barcelona, de onde saiu para a equipe francesa em 2017.

O pai de Neymar saiu em defesa do filho e afirmou que o PSG estava a par da ausência do jogador. "O motivo é conhecido e estava previsto havia um ano, no quadro das atividades do Instituto Neymar. Nós não podíamos adiar as atividades", disse Neymar pai, em entrevista ao site do canal Fox Sports. Ele acrescentou que Neymar — que se recupera da lesão no tornozelo direito que o tirou da Copa América — reiniciará os treinos no dia 15 de julho.


Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Galeria de Fotos

Neymar e o filho, David Lucca, na final da Copa América com Caboclo AFP
Neymar, com o filho, no Maracanã AFP

Comentários