Há 50 anos, Portuguesa da Ilha venceu o Real Madrid no Santiago Bernabéu

Ex-jogador da Lusinha, Zeca precisava mostrar jornais da época para provar a alunos que sua história era verdadeira

Por Hugo Perruso e Yuri Eiras

Zeca: lateral-esquerdo no jogo
Zeca: lateral-esquerdo no jogo -
Rio - Quando era professor de Educação física de escolas municipais, Oswaldo Almeida, mais conhecido como Zeca, contava que era jogador de futebol e venceu o poderoso Real Madrid em pleno Santiago Bernabéu jogando pela Portuguesa da Ilha. Seus alunos não acreditavam na história e ele precisava mostrar recortes de jornais da época para provar. A histórica vitória por 2 a 1, hoje quase impossível de se repetir, completou 50 anos neste 4 de setembro.
"Todo mundo queria saber se era verdade. Na época, os jornais da Espanha saíram com resultado e eu comprei para trazer para o Brasil e provar que era verdade. Falavam que era mentira e eu apresentava os recortes. Quando eu mostrava, as pessoas ficavam surpresas e perguntavam como foi o jogo. A garotada numa escola da Cidade Alta se interessava bastante, eles ficavam malucos com as histórias", afirmou Zeca, lateral esquerdo e zagueiro da Lusa por 11 anos, entre 1963 e 1974.
Hoje aos 74 anos, Zeca perdeu os velhos recortes de jornais, mas a lembrança daquele dia mágico está bem viva na sua cabeça. Afinal, não é todo dia que se desbanca o Real Madrid em casa.
Bandeira da Espanha no detalhe da camisa comemorativa da Portuguesa da Ilha - Ricardo Cassiano/Agência O Dia
"Foi uma grande vitória, o Real caiu na arapuca montada pelo nosso time. Foram pegos de surpresa, não acreditavam na gente.Quando fizemos o primeiro gol, ficaram perguntando quem era o nosso time. Bobearam e abrimos 2 a 0. No segundo tempo, congestionamos o meio de campo. Jogamos uma hora e, enquanto eles não fizeram um gol, o jogo não terminou", recorda o ex-jogador.
E essa mágica história quase não aconteceu. Inicialmente, a programação da excursão da Portuguesa pela Europa era para enfrentar o Sevilla, mas o Real Madrid fez uma proposta financeira melhor para ter um jogo festivo de estreia da temporada e de entrega da faixa de tricampeão espanhol. O que rendeu um bicho maior aos jogadores.
Jornal Madrid contou a história da vitória da Portuguesa sobre o Real - reprodução
"O valor era de cinco a dez vezes maior do que o bicho normal. Nem tinha começado o jogo e pessoal estava no vestiário chutando cadeira, dando cabeçada no teto (risos). Os melhores ainda ganharam um dinheiro a mais e eu estava entre eles. Comprei um monte de roupa de marca com o bicho", recorda Zeca, que durante a entrevista fez questão de reforçar que "não era bom, mas treinava muito".
Ex-jogador da Portuguesa da Ilha, Zeca esteve em campo contra o Real - Ricardo Cassiano/Agência O Dia
Os dois gols da vitória épica da Lusinha foram marcados por Miguel, no primeiro tempo. Planelles só descontou nos acréscimos. Outro destaque do confronto foi o ponta esquerda Escurinho - ex-Fluminense e com passagem pela Seleção-, que saiu aplaudido. Segundo histórias da época, ele teria sido procurado por dirigentes espanhóis no vestiário e só não foi contratado por causa da idade avançada (39 anos).
"Como aplaudiram o Escurinho... Mas nós tivemos um time que era muito bom e aplicado, nossa defesa era boa. Foram cinco anos juntos".
Ex-jogador da Portuguesa da Ilha, Zeca voltou ao Santiago Bernabeu - Arquivo pessoal
Passados 50 anos, Zeca ainda curte a vitória considerada uma das maiores nos 94 anos de história do clube. "Não dava para imaginar que 50 anos depois ia estar falando sobre isso. Não acreditava e nem tinha esperança de ter essa dimensão".
Ficha Técnica do jogo:
Data: 4 de setembro de 1969
Local: Santiago Bernabéu, Madrid (ESP)
Real Madrid: Junquera, Espildora, Babiloni, Benito, Jose Luiz, Tejada, Miguel Perez, Fleitas, Planelles, Grande (Vidal) e Bueno.
Portuguesa-RJ: Otávio, Bruno, Jerry, Beto, Zeca, Chiquinho, Ney (Paulo Mata), Jurandir (Jorginho), Carlos Pedro, Miguel e Escurinho.
Gols: Miguel (aos 7 e 42 minutos do primeiro tempo); Planelles (aos 45 minutos do segundo tempo)
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Galeria de Fotos

Zeca: lateral-esquerdo no jogo Ricardo Cassiano
Bandeira da Espanha no detalhe da camisa comemorativa da Portuguesa da Ilha Ricardo Cassiano/Agência O Dia
Ex-jogador da Portuguesa da Ilha, Zeca esteve em campo contra o Real Ricardo Cassiano/Agência O Dia
Rio, 26/08/2019 - ESPECIAL - Ex-jogador da Portuguesa da Ilha, Zeca. Ilha do Governador, Zona Norte do Rio. Foto: Ricardo Cassiano/Agência O Dia Ricardo Cassiano/Agência O Dia
Ex-jogador da Portuguesa da Ilha, Zeca voltou ao Santiago Bernabéu Arquivo pessoal
Jornal Madrid contou a história da vitória da Portuguesa sobre o Real reprodução

Comentários