Valesca Popozuda gravou um clipe na Vila Mimosa em 2018 - AFP
Valesca Popozuda gravou um clipe na Vila Mimosa em 2018AFP
Por O Dia
França - Autor do gol único na vitória do PSG sobre o Strasbourg, Neymar falou sobre como foi ter sido vaiado e depois aplaudido no seu retorno ao clube francês. O brasileiro admitiu que queria deixar o PSG e naturalizou o ocorrido.
Publicidade
"Já joguei em vários estádios sendo vaiado. É triste, mas sei que a partir de agora será como jogar todo jogo fora de casa. Deixo claro que não tenho nada contra os torcedores, nem nada contra a entidade Paris Saint-Germain, mas todo mundo sabe que eu queria sair sim, e deixei claro isso. Mas não vou entrar em detalhes do que aconteceu nas negociações. As pessoas presentes aqui sabem o que aconteceu e isso é uma página virada", afirmou.
Publicidade
O brasileiro ainda afirmou que está com a cabeça focada no clube francês e mesmo que não receba o apoio dos torcedores irá se esforçar para render bem dentro das quatro linhas.

"Hoje sou jogador do PSG e prometo dar tudo em campo, cumprir o meu papel e ser feliz dentro de campo. Não preciso que gritem meu nome e nem que estejam ali por mim. E, sim, pelo PSG".