Amor descriminalizado na Índia

Suprema Corte revoga por unanimidade lei contra homossexualidade

Por

Indianos celebram decisão contra lei de 1861, em Bangalore -

Em 2018, a homossexualidade deixou de ser crime na Índia. A Suprema Corte do país asiático barrou, por decisão unânime, uma lei de 1861 criada pelos britânicos que previa a prisão de dez anos por atos sexuais "contra a ordem da natureza".

Durante a leitura do julgamento, que concluiu que a norma era "discriminatória e inconstitucional", grupos vestidos com as cores do arco-íris explodiram em lágrimas e abraços nas ruas indianas.

"Demorou muito para acontecer, mas posso finalmente dizer que sou livre e tenho direitos iguais aos outros", declarou à AFP entusiasmado Rama Vij, estudante de Calcutá reunido com amigos para assistir à leitura do julgamento.

 

Comentários

Últimas de Mundo & Ciência