Tanzânia realiza velório coletivo após naufrágio no lago Vitória

Primeiro-ministro Kassim Majaliwa disse ser "um grande luto para toda nação"

Por O Dia

Pessoas estiveram neste sábado às margens do Lago Vitória, enquanto as equipes de resgate buscavam outras vítimas do naufrágio na Tanzânia
Pessoas estiveram neste sábado às margens do Lago Vitória, enquanto as equipes de resgate buscavam outras vítimas do naufrágio na Tanzânia -

Ukara - Em meio à dor e ao luto pelos 224 mortos do naufrágio de uma balsa no lago Vitória, a Tanzânia realizou, neste domingo, funeral coletivo das vítimas. Durante uma cerimônia na ilha de Ukara, na frente da qual a balsa virou, o primeiro-ministro Kassim Majaliwa disse ser "um grande luto para toda nação".

Simbolicamente, uma dúzia de caixões foi colocada em túmulos individuais, especialmente aqueles contendo os corpos que não puderam ser identificados. Os demais foram levados por parentes que desejam realizar funerais mais íntimos, ou que serão enterrados mais tarde.

Segundo o primeiro-ministro, uma das causas do acidente é a sobrecarga. "O governo tomou algumas medidas e já prendemos todas as pessoas encarregadas da gestão e supervisão do 'MV Nyerere'. [...] Os interrogatórios começaram", continuou ele, acrescentando que vai-se criar "uma Comissão para uma investigação mais exaustiva".

As operações de busca dos corpos continuam, assim como os esforços para retirar a balsa da água. A embarcação transportava até três vezes a lotação permitida.

Últimas de Mundo & Ciência