Eleições nos EUA: Biden diz que afro-americano que votar em Trump 'não é negro'

Candidato democrata se orgulha de ter tido maior proporção do voto negro 'do que qualquer outro, até mesmo Barack Obama'

Por AFP

Joe Biden já foi senador e vice-presidente dos EUA
Joe Biden já foi senador e vice-presidente dos EUA -
Nova York - Joe Biden, candidato democrata à Casa Branca, disse nesta sexta-feira a um locutor de rádio afro-americano que "não é negro" quem apoiar Donald Trump nas eleições de novembro.

Biden, número dois de Barack Obama na Casa Branca por oito anos, defendeu firmemente seus laços com a comunidade negra americana.

Os comentários, emitidos nesta manhã durante o programa de rádio The Breakfast Club, provocaram rapidamente a reação da equipe do atual presidente republicano.

Donald Trump Jr. acusou Biden em um tuíte de lidar com uma "mentalidade racista repugnante e desumanizante".

Biden, de 77 anos, lembrou que na Carolina do Sul, onde venceu as primárias democratas de fevereiro, ultrapassou seus rivais em todos os condados.

"Tive uma proporção maior do voto negro do que qualquer outro, até mesmo Barack Obama", afirmou.

Comentários