China deseja permissão para policiamento em Hong Kong

Afirmação foi feita por Wang Chen, diretor-geral do Comitê Permanente do Congresso Nacional do Povo

Por ESTADÃO CONTEÚDO

Autoridades internacionais ficam preocupadas com possível perda de autonomia de Hong Kong
Autoridades internacionais ficam preocupadas com possível perda de autonomia de Hong Kong -
China - O governo de Pequim planeja permitir que agências de segurança da China continental operem oficialmente em Hong Kong, afirmou Wang Chen, diretor-geral do Comitê Permanente do Congresso Nacional do Povo. A informação é divulgada no momento em que há preocupações internacionais sobre a redução na autonomia de Hong Kong, enquanto o regime chinês reforça seu controle sobre o território.

Planos chineses de impor leis de segurança nacional sobre Hong Kong já geraram consternação considerável no território autônomo. Esses planos foram mencionados por autoridades de Pequim na quinta-feira, com o argumento de que era necessário adotar medidas para punir o que eles qualificam como atos de separatismo, subversão, terrorismo e interferência estrangeira.

Temores de que cidadãos de Hong Kong pudessem ser transferidos para a China continental e processados sob as leis chinesas geraram protestos desde junho de 2019, quando milhões de pessoas se reuniram nas ruas do território.

Comentários