Chefe da ONU pede investigação de violência policial em protestos nos EUA

Entidade também está preocupada com ataques a jornalistas em manifestações

Por AFP

Protesto nos EUA
Protesto nos EUA -
Nações Unidas - O secretário-geral da ONU, António Guterres, disse que a violência policial nos Estados Unidos deve ser investigada como em qualquer outro país, informou seu porta-voz na segunda-feira.

"Temos visto casos de violência policial nos últimos dias. Todos os casos devem ser investigados", destacou Stéphane Dujarric durante sua entrevista coletiva diária.

"As autoridades devem mostrar contenção na administração dos protestos nos Estados Unidos", como em outros lugares, disse.

"As forças policiais em todo o mundo devem ter treinamento adequado em direitos humanos. Elas também devem investir em apoio social e psicológico para que a polícia possa fazer um trabalho eficaz na proteção da comunidade humana", acrescentou o porta-voz.

O chefe da ONU também está preocupado com os ataques a jornalistas vistos nos Estados Unidos nos últimos dias.

Em um tuíte neste fim de semana, António Guterres enfatizou que "quando jornalistas são atacados, são as sociedades que são atacadas".

"Nenhuma democracia pode funcionar sem a liberdade de imprensa", enfatizou.

Desde a morte, há uma semana, de um negro nas mãos de um policial branco, os Estados Unidos foram atingidos por uma onda de protestos que levaram a incidentes violentos para denunciar a brutalidade e o racismo da polícia.

Comentários