Esporte

Avião da Chapecoense cai e deixa mais de 70 mortos na Colômbia

Delegação de 48 pessoas embarcou em Garulhos e fazia a conexão entre Bolívia e Colômbia, onde disputaria a final Copa Sul-Americana

Rio - Uma tragédia deixou o Brasil de luto na madrugada desta terça-feira (29). O avião que levava a equipe da Chapecoense para a Medellín, na Colômbia, caiu nas proximidades da cidade deixando pelo menos 71 mortos. O avião tinha 77 pessoas a bordo, sendo 68 passageiros, entre delegação e jornalistas, e 9 tripulantes.

Destroços do avião que levava a equipe da Chapecoense Reprodução Twitter

Seis pessoas sobreviveram: o lateral-direito Alan Ruschel (Alan Luciano Ruschel), o goleiro reserva Follmann (Jackson Ragnar Follmann), o zagueiro Neto (Helio Hermito Zampier Neto) e o jornalista Rafael Henzel, além dos tripulantes Erwin Tumiri e Ximena Suárez.

O goleiro Danilo (Marcos Danilo Padilha) — herói da classificação à final da Copa Sul-Americana ao fazer uma defesa importante nos acréscimos contra o San Lorenzo — foi resgatado com vida pelos bombeiros, mas morreu no hospital por voltas das 9h30 (horário de Brasília).

A Chapecoense faria nesta quarta-feira o primeiro confronto da decisão da Copa Sul-Americana com o Atlético Nacional, no que seria a maior partida da história do clube de Santa Catarina. O jogo foi cancelado pela Confederação Sul-Americana.

As causas do acidente são desconhecidas. As autoridades trabalham com hipótese de pane elétrica e falta de combustível (pane seca). Na emergência do voo, o piloto teria aberto os tanques de combustível para evitar a explosão da aeronave na queda. O avião não explodiu.

Lateral Alan Ruschel foi o primeiro sobrevivente a chegar no hospital Efe

O mal tempo na região de Medellín, onde o avião deveria pousar, também podem ter contribuído para o acidente. Trata-se de uma região montanhosa e de difícil acesso. O avião teria caído a apenas 25 quilômetros da cabeceira da pista do aeroporto de destino.

Cerca de 500 profissionais colombianos participam das operações de resgate. Os sobreviventes estão sendo levados para dois hospitais da região próxima ao aeroporto Jose Maria Córdoba, em Rionegro, nas imediações de Medellín.

Danilo e Alan Ruschel momentos dentro do avião antes da decolagem. Eles sobreviveram Reprodução Internet

Segundo a imprensa local, o avião perdeu contato com a torre de controle às 22h15 (1h15 de Brasília). O SOS foi emitido entre as cidades de Ceja e Lá Unión.

Nota da Chapecoense

A Chapecoense emitiu uma nota. "Em função do desencontro das notícias que chegam das mais diversas fontes jornalísticas, dando conta de um acidente que transportava a delegação da Chapecoense, a associação esportiva, através de seu presidente Ivan Tozzo, reserva-se o direito de aguardar o pronunciamento oficial da autoridade aérea colombiana, a fim de emitir qualquer nota sobre o acidente. Que Deus esteja com nossos atletas, dirigentes, jornalistas e demais convidados que estão juntos com a delegação".


A Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) cancelou todas as atividades esportivas sobre a Sul-Americana. O site oficial do rival da Chapecoense, Atlético Nacional, também se manifestou sobre o acidente, lamentando o ocorrido e desejando sorte ao time brasileiro e aos sobrevivente.

Vídeo: Jogadores da Chapecoense embarcaram em Garulhos


Elenco da Chapecoense

O time de Santa Catarina é comandado por Caio Júnior, que já dirigiu o Palmeiras. Os jogadores da equipe são os goleiros Danilo e Follmann; os laterais Gimenez, Dener, Alan Ruschel e Caramelo; os zagueiros: Marcelo, Filipe Machado, Thiego e Neto; os volantes: Josimar, Gil, Sérgio Manoel e Matheus Biteco; os meias Cleber Santana e Arthur Maia; e os atacantes: Kempes, Ananias, Lucas Gomes, Tiaguinho, Bruno Rangel e Canela. Pela primeira vez em sua história, a Chapecoense disputaria um título de competição internacional. A equipe faz campanha regular na Série A do Campeonato Brasileiro.

Com informações do Estadão Conteúdo

Relacionadas

    Comentários

    Mais lidas

      Escolha do Editor

        Newsletter

        Receba gratuitamente o melhor conteúdo de O DIA no seu e-mail e mantenha-se muito bem informado

        • Anuncie também pelo DIAFONE(21) 2532-5000
        Anuncie