Por clarissa.sardenberg

Rio - O avião modelo Avro Regional Jet 85 (RJ85), conhecido como Jumbolino, que caiu na noite desta segunda-feira enquanto levava a equipe da Chapecoense transportou a Messi e os jogadores argentinos na viagem para o Brasil há cerca de três semanas, segundo o site espanhol "Sport". Na tragédia, 76 pessoas morreram. 

Avião da companhia boliviana Lamia tinha tradição em levar equipes de futebolDivulgação

De acordo com o site "Colombiano", o presidente do Atlético Nacional, Juan Carlos de la Cuesta, cuja equipe enfrentaria a Chapecoense, contou que a aeronave costumava transportar equipes de futebol. Segundo ele, o avião foi usado por sua equipe para viajar para La Paz, na Bolívia, há algumas semanas.

Um total de 25 corpos foram identificados e cinco pessoas foram resgatadas após o acidente na Colômbia, informou o prefeito de La Ceja. A aeronave da companhia boliviana Lamia tinha 17 anos.

Você pode gostar