Ataques foram ineficientes contra as defesas no clássico - Lucas Merçon/Fluminense
Ataques foram ineficientes contra as defesas no clássicoLucas Merçon/Fluminense
Por O Dia
Publicado 23/01/2018 10:09 | Atualizado 23/01/2018 10:17

Rio - Fluminense e Botafogo se enfrentaram no Maracanã, mas não conseguiram tirar o zero do placar e apresentaram um futebol com fraca qualidade técnica. O público também decepcionou e ficou abaixo do que as torcidas poderiam apresentar: menos de dez mil torcedores presentes no estádio. 

Os 7126 pagantes (8538 presentes) não foram suficientes para quitar as despesas da partida. De acordo com o borderô do confronto, divulgado pela Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj), Fluminense e Botafogo ficaram com uma dívida de R$ 145.041,26 cada um.

A mesma quantia para ambos se justifica pelo Art.51, que diz que o resultado financeiro fica a cuidados do mandante da partida, exceto quando houver a participação de qualquer um dos chamados clubes grandes (Flamengo, Vasco, Fluminense e Botafogo). Em clássicos, a distribuição é feita na proporção de 60% para o vencedor, 40% para o derrotado e 50% para cada em caso de empate.

A despesa total do jogo foi de R$ 510.592,52, incluindo os R$ 100 mil de aluguel do Maracanã, enquanto a receita foi de R$ 220.510,00.

 

 

Você pode gostar
Comentários