Jogadores do Bangu comemoram o primeiro gol na vitória sobre a Cabofriense: equipe controlou bem a partida - JOÃO CARLOS GOMES / DIVULGAÇÃO BANGU
Jogadores do Bangu comemoram o primeiro gol na vitória sobre a Cabofriense: equipe controlou bem a partidaJOÃO CARLOS GOMES / DIVULGAÇÃO BANGU
Por

Rio - O Bangu avançou às semifinais da Taça Guanabara pela primeira vez na história ao bater por 2 a 0 a Cabofriense, no Estádio Correão. A vitória fez a equipe chegar aos oitos pontos, garantindo a segunda colocação do Grupo B. O Alvirrubro enfrentará na semifinal, quinta-feira, a outra surpresa do torneio, o Boavista, que ficou com a primeira colocação do Grupo C. O Bangu tem a obrigação de vencer para ir à decisão, já que o adversário tem a vantagem do empate por ter melhor campanha. O time de Cabo Frio, por sua vez, terminou na quinta colocação, com quatro pontos.

Com as duas equipes precisando da vitória para buscar a classificação, o jogo foi movimentado do início ao fim. A Cabofriense começou pressionando, mas foi o time da Zona Oeste que criava as chances de maior perigo. Em um bate e rebate na área, após bela jogada de Everton Sena, o Alvirrubro por pouco não abriu o placar.

O primeiro gol saiu aos 28 minutos do primeiro tempo, com o zagueiro Michel, que aproveitou cruzamento do meia Almir para dominar, dentro da área, e balançar a rede. A partir daí, a equipe tentou manter o controle da partida, diminuindo as investidas ao ataque.

No segundo tempo, a Cabofriense voltou disposta a buscar a virada, e chegou a mandar uma bola na trave, em finalização de João Carlos, aos 10 minutos. Mas o Bangu logo retomou o controle do jogo e por pouco não marcou com Anderson Lessa, que, embaixo da trave, chutou por cima do gol. A redenção veio aos 42 do segundo tempo, quando o atacante sofreu pênalti de Leandro Euzébio. O próprio Anderson Lessa cobrou com tranquilidade decretou a classificação do Alvirrubro. O camisa 27 chegou a seu quarto gol no Campeonato Carioca, um a menos que o artilheiro Pipico, do Macaé.

Você pode gostar
Comentários