Almir em ação pelo Bangu - JOÃO CARLOS GOMES / BANGU
Almir em ação pelo BanguJOÃO CARLOS GOMES / BANGU
Por

Rio - O duelo entre Boavista e Bangu, pela semifinal da Taça Guanabara, quinta-feira, às 17h, no Engenhão, marcará um duelo particular entre veteranos revelados por grandes clubes do Rio. No Alvirrubro, estará Almir, 35 anos, que se formou no Botafogo. No Verdão, Fellype Gabriel, 32, cria do Flamengo.

Boavista - Agência FERJ

Em 2017, Almir não jogou o Carioca devido a uma grave lesão no joelho esquerdo. Agora, quer a redenção. "Estou muito feliz de ter conquistado (a vaga na semifinal) depois de tudo o que passei. Vamos em busca do título", disse o meia campeão da Taça GB e do Carioca pelo Botafogo em 2006 ao site oficial do Bangu.

Já Fellype Gabriel, também campeão da Taça Guanabara e do Carioca pelo Botafogo, em 2013, viveu drama maior. Nos Emirados Árabes, sofreu lesões graves. Passou por Palmeiras e Vasco quase sem jogar. O mesmo ocorreu no Boavista. Agora, foi o herói da classificação ao entrar no segundo tempo da vitória sobre a Portuguesa (1 a 0), sábado, e fazer o gol que deu ao time a ponta do Grupo C.

"Se você é honesto no que faz, as coisas acabam acontecendo. Tive a felicidade de entrar e ajudar. Fico feliz pela equipe", disse Fellype ao site Globoesporte.com.

Você pode gostar
Comentários